Bloco da Preta, Detonautas e Leci Brandão agitam a virada do ano em Maricá


k-horz

A Prefeitura de Maricá anunciou oficialmente a programação do réveillon 2017 com Bloco da Preta Gil (Barra de Maricá), Leci Brandão (Itaipuaçu) e Detonautas (Ponta Negra) e a tradicional queima de fogos. Os shows da virada, organizados pela Secretaria Municipal Adjunta de Turismo, são gratuitos e iniciam as 23h30, mas a festa começa às 21h com som mecânico.

A irreverente Preta Gil desembarca na Barra de Maricá para apresentar o projeto Bloco da Preta, um dos maiores sucessos do Carnaval carioca.  Filha de Gilberto Gil e afilhada da cantora Gal Costa (que estará em Florianópolis no dia 17 de agosto), Preta também decidiu seguir o caminho da música e já tem 13 anos de carreira, quatro CDs e dois DVDs. Ao lado de sua banda, formada por Fabio Lessa (baixo), Ricardo Marins (guitarra), André Fernandes (bateria), Geovanni Andrade (teclado), Wander (vocal), além do Mestre Pablo que está à frente da bateria com dez ritmistas, ela tem viajado o Brasil desde 2009 com o Bloco da Preta.

Preta teve a ideia de criar o Bloco como um projeto paralelo que a princípio era para atender uma demanda de shows no verão carioca, mas que devido ao grande sucesso começou a ser apresentado no ano todo. Em 2013, foi lançado um DVD que mistura pop, axé, sertanejo, funk, pagode e samba. O setlist é animado, com sucessos como Último Romântico, Milla, O Canto da Cidade, País Tropical e Não Quero Dinheiro, além de canções próprias. No Carnaval deste ano, o Bloco animou meio milhão de foliões no Centro do Rio.

PONTA NEGRA
O polêmico músico Luis Guilherme Brunetta Fontenelle de Araújo, também conhecido como Tico Santa Cruz, chega em Maricá para fincar a bandeira do rock’n’roll no palco montado em Ponta Negra.

Vocalista do Detonautas Roque Clube, Tico Santa Cruz traz consigo quase 20 anos de carreira ao lado do grupo. Em seu repertório, sucessos como “Olhos Certos”, “Você Me Faz Tão Bem”, “O Dia Que Não Terminou”, “O Retorno de Saturno” e “Quando o Sol Se For” apresentam um lugar cativo nas apresentações do músico.

Por trás do corpo quase todo tatuado, Tico Santa Cruz se desdobra em um ser humano engajado em expressar todos os seus sentimentos em melodia. De personalidade forte, o carioca faz de suas letras impactantes um canal para falar tanto de amor quanto de outros temas do cotidiano. Desconstruir conceitos e se renovar é uma constante em sua trajetória musical e literária – Tico é autor dos livros “Pólvora” e “Clube da Insônia”.

ITAIPUAÇU E SÃO JOSÉ DO IMBASSAÍ
Em Itaipuaçu, na Praça dos Gaviões, o cantor local Maicon Almeida apresenta repertório sertanejo à partir das 22h. Já a consagrada Leci Brandão comanda a festa às 0h15. Famosa no meio musical, Leci começou a carreira no início dos anos 70 e já compôs clássicos do samba como “Só quero te namorar” e “Isso é Fundo de Quintal”. No repertório da apresentação haverá composições de Martinho da Vila e Arlindo Cruz.

Já em São José do Imbassaí as festividades acontecem na Lagoa da Praia das Amendoeiras e contam com o apoio do vereador Frank Costa. A festa será comandada pelo grupo ‘Samba.Com’ e a meia-noite a tradicional queima de fogos para celebrar a chegada de 2017.

ESQUEMA DE SEGURANÇA
Shows e queimas de fogos serão realizados em três pontos da cidade: Ponta Negra, Barra de Maricá e Itaipuaçu (na Praça dos Gaviões).

O subsecretário adjunto de Segurança Pública, Celso Almeida Netto, destacou que todo o efetivo da Guarda Municipal estará disponibilizado nos locais do evento. “Vamos realizar uma segurança preventiva em conjunto com a polícia militar e apoiar a fiscalização na venda de produtos por ambulantes não credenciados”, apontou.

Para o Coordenador da Defesa Civil em Maricá, Coronel Edson Amaral, para que os festejos aconteçam de forma tranquila são necessárias algumas medidas de segurança como evitar levar objetos cortantes, embalagens, garrafas e objetos de vidro aos locais de evento, além de ter atenção redobrada com as crianças que devem sempre trazer consigo alguma identificação. O coronel acrescentou ainda que não é recomendável soltar fogos em áreas de grande concentração, sem a supervisão de um corpo técnico.

Por segurança, ruas próximas aos locais dos eventos serão fechadas e a recomendação é a utilização de transporte público como forma de reduzir o número de carros de passeio nas vias.

error: Conteúdo protegido!