Comissão de Defesa do Consumidor fiscaliza supermercados de Maricá


A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara de Vereadores de Maricá junto ao Procon Municipal e a Coordenadoria de Postura e a Vigilância Sanitária da Secretaria de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Petróleo da Prefeitura, realizaram uma grande fiscalização em dois supermercados localizados na RJ 106: MultiMarket (Inoã) e SuperMarket (São José do Imbassaí). Os dois estabelecimentos apresentaram diversas irregularidades como armazenamento inadequado de alimentos, produtos fora da validade, falta de higiene, falta de documentação original autorizando o funcionamento, entre outros. Foram recolhidos mais de 70 quilos de alimentos estragados e fora da validade.

Segundo os vereadores que fazem parte da Comissão de Defesa do Consumidor e que participaram da ação, Marcinho da Construção (DEM) e Chiquinho (PP), a fiscalização tem caráter educativo e não punitivo. Ambos explicaram que a ideia inicial é conscientizar os comerciantes da necessidade de seguir as normas do Procon e da Vigilância Sanitária. Caso as irregularidades continuem, haverá punições que podem variar de multa ao fechamento do estabelecimento.

“Queremos conscientizar e dar chance de se adequarem. Não queremos prejudicar nenhum comerciante até porque comércio gera emprego, mas é necessário cumprir a lei. Recebemos diversas denúncias com relação a esses supermercados”, disse o vereador Marcinho da Construção.

Chiquinho informou que nos supermercados visitados foram encontradas diversas irregularidades. “Encontramos muitas coisas vencidas, roupas de funcionários em cima de mercadorias, armazenamento incorreto, comida podre”, relata.

A coordenadora do Procon Municipal, Angélica Espíndola, explicou que na próxima semana irá fiscalizar outros supermercados da cidade. O objetivo é adequar as redes nos padrões do Procon e da Vigilância Sanitária. “Viemos verificar, pois recebemos denúncias. Estamos apurando e vamos notificar. Nosso desafio é educar para que sigam a lei. Não identificamos o telefone do Procon fixado nos estabelecimentos. Encontramos comida estragada. É preciso atentar a essas coisas”, disse.

Para qualquer denúncia a respeito de irregularidades em comércios, a população pode procurar a Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara ou entrar em contato com o Procon no telefone (21) 2634-1348. No dia 31 de maio, o Procon instalará uma barraca itinerante na Rodoviária de Itaipuaçu, recebendo denúncias da população local.

error: Conteúdo protegido!