Mãe mata filho recém-nascido após o parto em bairro de Maricá; Veja o vídeo

20170518_190912 (800x600)

Exclusivo por Romário Barros- Um crime bárbaro chocou os moradores do bairro de Bambuí nesta quinta-feira, 18. Uma adolescente de 17 anos matou a filha recém-nascida e o bebê foi encontrado por moradores dentro de um cesto de roupas sujas no quarto da casa da jovem.

Segundo levantamento feito pelo LSM, a adolescente de 17 anos deu a luz a uma criança dentro da casa em que reside na Rua G, no Loteamento Balneário Bambuí, há cerca de vinte quilômetros do Centro da Cidade. A jovem começou a passar mal e ligou para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que mandou uma viatura até a residência. Os Socorristas encontraram a jovem ‘ensaguentada’ na sala da residência, além da placenta e o cordal umbilical ‘jogados’ no meio do cômodo, porém, não localizaram nenhum bebê.

Ainda segundo o levantamento, a jovem mentiu dizendo que não havia dado a luz a nenhuma criança. Foram feitas buscas na casa, mas nenhum bebê foi encontrado. A jovem então, foi levada para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro, onde às 18 horas, passava por uma cirurgia.

Conselheiros Tutelares de Maricá foram até a Unidade Hospitalar, onde a jovem confessou que havia dado a luz e que a criança estava dentro de um cesto de roupas sujas no quarto. Um conselheiro entrou em contato com vizinhos da jovem e eles foram até a casa. Eles já encontraram a recém nascido morta com marcas pelo corpo, possivelmente feitas com o auxílio de uma faca ou até mesmo de uma tesoura.

Segundo os vizinhos, a mãe da adolescente não sabia que a filha estava grávida. Estudante do Colégio Joana Benedicta Rangel, no Centro da Cidade, a jovem teria escondido a gestação. A identidade da jovem não foi revelada até o fechamento desta matéria.

Policiais Militares da 6ª Companhia de Maricá foram deslocados para o local e assumiram a ocorrência. Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) periciaram toda a casa e investigam o caso. O corpo da bebê foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) do Barreto, em Niterói.

A mãe segue internada no Hospital de Maricá e poderá responder pelo crime de homicídio.

Veja a reportagem completa com EXCLUSIVIDADE no vídeo abaixo

REPORTAGEM RELACIONADA

error: Conteúdo protegido!