Maricá recebe a quarta etapa do Brasileiro de Footgolf neste final de semana

d1fjx-footgolf_0

Uma mistura de paixão e técnica entre dois esportes muito diferentes que inclui todas as pessoas e vem buscando ganhar seu espaço no território nacional. Tendo chegado ao Brasil em 2015, esse é o Footgolf , que como próprio nome já diz, é a mistura de futebol com golfe e neste final de semana, dias 15 e 16 de julho, terá Maricá como o palco da 4ª etapa do Brasileiro da modalidade, valendo pontos para o ranking nacional e internacional.

O Footgolf teve como teve origem na Holanda em 2009, chegou na Argentina em 2010 e nos EUA em 2011. Atleta da seleção carioca, Júnior Souza explicou como a modalidade chegou ao Brasil. “Através da parceria entre Associação brasileira de Futgolf, Associação de Footgolf do RJ e o Japeri Golfe realizamos no dia 28 de junho de 2015 a primeira competição oficial de Footgolf no Brasil e contou com a presença de 44 atletas.Após a o evento oficial foi concebido a filiação da ABFG perante a FIFG e o BRASIL estaria apto à disputar a 1ª copa do mundo de Footgolf no ano seguinte, em 2016”, contou.

O Footgolf tem o diferencial de permitir que pessoas de todas as classes sociais pratiquem o esporte diferentemente do golfe tradicional, como explica Júnior. “A principal diferença está no material utilizado nos esportes bem como a acessibilidade.

O Footgolf é praticado com uma bola de futebol nº5 e uma chuteira sem trava do tipo society, ou seja, além de ser fácil de ser encontrado muitos atletas já possuem este tipo de material. Enquanto no golfe os tacos e bolas além de ser difíceis de encontrar são bem mais caros. Ainda temos o fato de que não possuímos grandes empresas fabricantes do material esportivo do golfe, muitas das vezes os profissionais tendem a importar.A perda da bola. O Golfe existe a facilidade da perda da bola devido ao longo trajeto percorrido e o tamanho. No Footgolf é mais fácil de não perder de vista além de não alcançar proporções gigantescas como no golfe”, explicou.

Com uma equipe constituída por quatro atletas, Junior Souza, Robson Rodrigues, Eduardo Marques, Matheus Mello, a seleção carioca representará o Estado em Maricá, nos dias 15 e 16 de julho,na quarta de oito estapas do Campeonato Brasileiro da categoria, no campo da Privilege Golf Club, nas categorias Livre, Master, Feminino e por equipes. Júnior destacou como está sendo a preparação para o torneio e a rotina de treinos do time carioca. “Com o encerramento das etapas 2 e 3 do final de semana teremos tempo para nos dedicar ao campo de Maricá. Conhecer cada parte do gramado e traçar uma estratégia para os atletas terem um grande desempenho seja no individual e por equipes. Treinamentos específicos nos finais de semana.A rotina de treinamento é intensa e sempre nos finais de semana, uma vez que todos os atletas possuem suas ocupações”, destacou.

Ele ainda avaliou o atual momento do esporte no País. “Devido ao início do esporte no país a falta de apoio desproporciona a disputa por colocações melhores no ranking internacional, uma vez que atletas de outros países competem durante todo o ano e automaticamente aumentam as chances de conquistarem as melhores premiações.A equipe do RJ obteve o 3º lugar por equipes pela 2ª vez no ano em duas oportunidades. Feito conquistado na primeira etapa em março, abertura do campeonato.Estamos orgulhosos, mas trabalhando em busca de resultados melhores e dignos de nosso empenho”, contou.

Por fim, o atleta carioca projetou o futuro do esporte. “Acreditamos que o futuro do Footgolf está ali na frente. Em 2018 será o ano de grandes avanços para o esporte. Além da repercussão do campeonato brasileiro este ano teremos o primeiro Sul-Americano de Footgolf. Logo teremos as divisões das principais competições, brasileiro, estaduais, municipais e ligas. Acreditamos que a categoria por equipe disputadas como um campeonato de pontos corridos, uma Copa do Brasil, ou uma Libertdores, proporcionaram o grande diferencial. Quando as grandes equipes começarem a se projetar juntamente ao Footgolf teremos uma nova fase”, finalizou.

O campo do Privilege Golf Club fica no bairro do Espraiado, na Zona Rural de Maricá. A entrada é franca e tem o apoio da Secretaria de Esportes e Lazer.

Horários sábado: 12 às 16h. e Domingo: 8h30 às 12h.

error: Conteúdo protegido!