Maricá recebeu 2ª Etapa do Estadual de Rally

DSC_0247-696x466

A 2ª Etapa do Circuito Estadual de Rally, batizada de “Rally 4X4 na veia”, foi realizada em Maricá no último sábado (08/07), com o apoio da Prefeitura de Maricá – através da Secretaria de Turismo. Cerca de 53 duplas competiram com veículos de tração 4×4 nas categorias Turismo (6), Turismo Light (39) e Passeio (8). Com aproximadamente três horas de duração, a prova, organizada pelo Azzurra Jeep, teve início numa queijaria do km 17,5 da Rodovia RJ-106 (sentido Tribobó) seguindo pela estrada na área de proteção ambiental da Restinga até a Barra de Maricá e retornando pelo mesmo caminho.

Todos os competidores ganharam medalhas de participação, mas apenas as cinco duplas melhores colocadas (piloto e navegador) em Turismo e Turismo Light ganharam troféus. O evento também contou com sorteio de brindes (bonés, canecas, garrafinhas, flanelas, lubrificantes e barracas) doados pelos patrocinadores. Na prova, os competidores recebem uma planilha com o percurso e o tempo a ser percorrido, de acordo com cada categoria. “A prova é de regularidade. A velocidade varia de acordo com o trecho. As dificuldades são exatamente passar pelo caminho estipulado pela organização. Aí o piloto dirige de acordo com o que o navegador vai indicando”, explicou o competidor da Turismo Light, Reinaldo Cardoso (45 anos).

Morador de Niterói, Reinaldo também contou que costuma procurar esse tipo de evento próximo de sua região. “Eu gosto de esporte de aventura e da interação com a natureza. Aqui não costuma ter muitos, mas a gente quer correr sempre, então acaba procurando. Eu também costumo disputar em Minas Gerais”, acrescentou.

O casal Fernanda Santana (38 anos) e Kleber Santana (38) veio de Guarulhos (SP) para disputar a categoria Light, que, segundo eles, é a categoria que normalmente atrai mais competidores, por ser um pouco mais fácil. “Somos aficcionados por rally, então onde tem nós vamos. Ficamos em hotéis e lotamos as cidades. Dessa vez, por exemplo, nós não conseguimos vaga em Maricá, tivemos que nos hospedar em Itaboraí”, declarou a navegadora. A rede hoteleira de Maricá ficou lotada por conta do evento e do Arraiá.

Na categoria Turismo, os primeiros colocados foram: Guga Valente e Marcelo (675 pontos); Roberto Bontempo e Leonardo (850 pontos); Marcus Vinícius e Roberta Castelhano (1390 pontos); Paulo César e Cláudio Leandro (2635 pontos) e Elcio Mota e Mauro Azevedo (2756 pontos). Já na categoria Light, os primeiros colocados foram: Bruno Santori e Telmo (1324 pontos); Marcos e Felipe Rezende (2506 pontos); Felipe Mota e Rosilene (6152 pontos); Marcio Matos e Paulo Sérgio (7475 pontos) e Diogo Silva e Ramon (7638 pontos).

Terceiros colocados na Turismo Light, Felipe Mota e Rosilene contaram que são moradores de Itapeba. “Achamos uma maravilha por ser no quintal da nossa casa. Seria bom se as outras etapas também fossem”, disseram. Quinto colocado na mesma categoria, o navegador Ramon Novaes contou que participava das disputas há mais de 10 anos, mas acabou parando porque começou a se dedicar a outros projetos. “Na verdade eu vim para substituir a esposa do meu primo, que descobriu que está grávida. Mas gostei e pretendo participar mais vezes”, relatou.

“Estávamos carentes no Rio de Janeiro de eventos de off road. Aproveitar Maricá foi uma oportunidade ímpar, por causa do terreno favorável e da beleza singular. Sou frequentador de Maricá e acho que a cidade ainda pode ser muito utilizada a nível de turismo”, disse, Leonardo Ribeiro, representante de um dos patrocinadores.

Segundo Eduardo da Hora, responsável pelo evento, Maricá foi escolhida para a competição por conta da estrutura que oferece ao esporte. “Já conhecia a cidade porque morei 15 anos aqui. Amo, conheço e acho linda. Fui para o Rio por conta do trabalho. Hoje vivo do off road, então sabia da condição do local para a prova e o apoio da Prefeitura foi essencial para essa realização”, esclareceu, acrescentando que existe a possibilidade da próxima disputa, em setembro, também ser realizada na cidade.

À frente da Secretaria de Turismo, Robson Dutra falou sobre o trabalho que tem desenvolvido: “São eventos muito importantes com o objetivo de atrair turistas e entreter os moradores. O rally também, principalmente por ser diferente. As pessoas gostam da beleza do carro, das curvas, da prova. Esse ano estamos fazendo um piloto de tudo que estamos realizando e colocando no calendário de eventos para o ano que vem”, concluiu.

error: Conteúdo protegido!