Operação integrada de combate a criminalidade apreende motos no Centro de Maricá

1 (5)

Por Romário Barros- A Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública e Trânsito Municipal deram continuidade na ‘Operação Integrada’ que visa combater a criminalidade em Maricá. Ação desta terça-feira, 16, aconteceu no Centro de Maricá.

O Comandante da 6ª Companhia de Maricá, Capitão Marcelo Barreto, contou que as operações foram intensificadas nos últimos dias, pois, segundo ele, as motos são mais utilizadas por criminosos para cometer pequenos delitos na cidade.

Ele salientou que uma desculpa dada por quem tem a moto apreendida é o que o veículo é utilizado para trabalho. “-Não tem essa desculpa da moto ser para trabalho. Trabalhador honesto anda com tudo em dia para não ter problema. Se depender de mim todas as motos irregulares de Maricá serão apreendidas” Contou.

Barreto disse ainda que vai manter a agenda de blitzes. “As blitzes tem sido quase que diárias em locais e horários alternados para combater a circulação de motos irregulares, uma das principais queixas dos moradores. Além disso, autuamos motociclistas que dirigem sem habilitação e em situação de insegurança na falta de capacete.” Disse.

As operações servem como estratégia para diminuir o índice de roubos aos transeuntes – explicou Barreto.

Uma moto patrulha auxiliou na operação e fazia a ronda pelo Centro. Quem estava de moto e tentava pegar atalhos para desviar da operação era abordado por um motociclista da PM e conduzido até o local da blitz. “- Dirigir sem capacete não pode ser um hábito do motociclista maricaense como vem acontecendo. As operações estão sendo feitas para reprimir esta e outras irregularidades. Lembro que são consideradas infrações gravíssimas dirigir sem capacete e habilitação. A penalidade inclui multas e suspensão do direito de dirigir”. Ressaltou Barreto.

A operação terminou com nove motos apreendidas. As motocicletas foram encaminhadas para o depósito público da Prefeitura de Maricá.

error: Conteúdo protegido!