Vítima que foi espancada pela ex-mulher do namorado morre no Hospital de Maricá

Por Romário Barros- Kamilla Cristina de Oliveira Rodrigues, de 20 anos, morreu na tarde desta sexta-feira, 12, no Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro da Cidade. Ela estava internada na Unidade Hospitalar desde o dia 13 de Abril após ter sido agredida pela ex-mulher de seu atual namorado.

De acordo com o Delegado Titular da 82ª DP, Dr. Júlio César Mulatinho Neto, ele irá pedir a prisão preventiva de Michaene Garcia Delduque nos próximos dias. Ela espancou Kamilla e fugiu e responderá pelo crime de homicídio.

Nos últimos dias houve uma grande mobilização nas redes sociais para que Kamilla Cristina fosse transferida da Unidade Hospitalar. A mãe da jovem chegou a acionar a Defensoria Pública para auxiliar no caso.

Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento.

ENTENDA O CASO

O crime aconteceu na manhã da quinta-feira, dia 13 de Abril, em uma casa no bairro de Itapeba. De acordo com a Polícia, Diego Matos Delduque separou de sua ex-mulher – Michaene Garcia Delduque – há cerca de seis meses. Ele morava com a ex-companheira no bairro do Mutondo, em São Gonçalo e veio morar em Maricá com Kamilla, onde reside há cerca de três meses.

Pela manhã, Diego saiu para trabalhar, porém, acabou esquecendo uma bolsa com ferramentas e retornou para casa. Quando ele chegou na residência, encontrou a ex-mulher, a irmã dela e Kamilla caída no chão desacordada. Michaene teria dito para Diego: ‘Bati com a cabeça de Kamilla no meio-fio, é melhor leva-la para o Hospital, pois acho que a matei’. Em seguida, Diego – desesperado – colocou Kamilla num carro particular e a levou para o Hospital de Maricá.

Diego pediu para dois amigos retornarem até a casa, em Itapeba, porém, ao chegarem lá, Michaene e a irmã haviam fugido.

Policiais Militares do DPO da Barra de Maricá foram deslocados para a Unidade Hospitalar e registrada a ocorrência na Delegacia de Maricá, 82ª DP. A Polícia Civil instaurou inquérito de tentativa de homicídio e a prisão dela deverá ser decretada nos próximos dias.

REPORTAGEM RELACIONADA

error: Conteúdo protegido!