7° Campeonato Maricaense de Kung Fu agitou o domingo em Escola Municipal de Inoã

A quadra da Escola Municipal Darcy Ribeiro, em Inoã, recebeu no domingo (10/09) o 7° Campeonato Maricaense de Kung Fu, que misturou artes marciais com um pouco da cultura chinesa e teve o apoio da Prefeitura através das secretarias de Esportes e Educação e da Guarda Municipal. Sete delegações se apresentaram no tatame montado no centro do espaço, para um júri que tem entre os integrantes o grão-mestre Li Wang Kay, que trouxe o kung fu da China para o Brasil há 47 anos e veio de São Paulo especialmente para o evento.

Além dele, estavam na mesa diretora do evento outras autoridades do esporte e a diretora da escola, Vanda Timóteo. O mestre de kung fu Paulo Sales, presidente da Associação Shao Lin Kung Fu Garra de Águia (entidade maricaense responsável pela organização), declarou a abertura da competição após a execução dos hinos nacionais do Brasil e da China. O grão-mestre foi o primeiro a falar ao público e aos atletas. “A primeira coisa que os alunos aprendem é a perder, que a vitória não é o mais importante, mas a filosofia de vida”. A diretora Vanda Timóteo reforçou a proposta: “Todos aqui já são vencedores, e fico feliz de conviver com pessoas que buscam esse objetivo”, disse ela.

Antes do início das disputas, houve uma apresentação folclórica que mostrou trajes e fantasias típicos da China. As exibições foram divididas em forma (com atividades de meditação e dança) e combate (com as lutas marciais). Na primeira, a equipe da Casa do Idoso Mais Feliz de Maricá ficou em primeiro lugar no Tai Chi Chuan. Outro destaque foi o menino João Gustavo de Araújo, de apenas 8 anos, que venceu em duas categorias. Ao mesmo tempo, o tatame recebia as diferentes modalidades de lutas, que tiveram torcida empolgada para as categorias infanto-juvenil e adulto.

Com 30 anos de atividade em Maricá, o mestre Paulo Sales ressaltou que já há uma geração de praticantes de kung fu na cidade. “Em bairros como Itaipuaçu, Inoã e Santa Paula temos inúmeros discípulos que estão difundindo o kung fu na cidade. Agradeço ao prefeito Fabiano Horta por ter nos oferecido toda a estrutura necessária nesta edição, que incluiu até uma ambulância. Também a Secretaria de Segurança Pública foi importante para nós além das outras”, afirmou o presidente da Associação Garra de Águia, que também é membro da Guarda Municipal.

Paulo Sales disse ainda que quem quiser começar a praticar o kung fu pode procurar a sede da associação, que fica na Rua Caio Figueiredo (ao lado do colégio de mesmo nome), em Inoã, ou entrar em contato com ele através do telefone 99808-7938. De lá, o aluno será direcionado a uma das unidades do programa federal Novo Mais Educação para começar a treinar.

error: Conteúdo protegido!