Após mortes de suspeitos, tráfico manda comércio fechar as portas em São José


LSM – Após a morte de dois suspeitos em um confronto com a Polícia Militar na noite deste sábado, 11, na comunidade conhecida como ‘Linha’, em São José do Imbassaí, o tráfico de drogas ordenou que os comércios fechassem as portas neste domingo, 12.

A ordem ocorreu após a morte do traficante identificado como ‘Rugal’ ou ‘RG’ e do seu segurança, sem identificação divulgada até o momento. Os dois suspeitos foram mortos após trocarem tiros com Policiais Militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e do DPO de Inoã.

Diversos comerciantes entraram em contato com o LSM’ e afirmaram que nesta manhã, a ordem para que não abrissem os seus estabelecimentos foi dada como uma forma de expressar o luto após as mortes de um dos chefes do tráfico de drogas da comunidade.

Em áudios divulgados em redes sociais, o traficante vulgo ‘Lobo Mal’ ordena que os comerciantes não abram os estabelecimentos e ameaça que o comércio que abrir terá o nome anotado e sofrerá consequências. Além disso, o elemento afirma que a Polícia não faz a segurança do bairro 24 horas e os comerciantes que não obedecerem a ordem terão seus estabelecimentos explodidos com granadas.

Apesar disso, até o momento não houve informações sobre tiros ou qualquer coisa que afetasse a circulação de pessoas no bairro. Desde o início da semana, os moradores da localidade tem sofrido com intensos tiroteios na comunidade.

A ‘Linha’ fica localizada na altura do km 22 da Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), em São José do Imbassaí.

error: Conteúdo protegido!