Atrasos na recarga do Bilhete Único Universitário causa transtornos para beneficiários


Dezenas de estudantes de universidades de Niterói, Rio de Janeiro, São Gonçalo, que dependem exclusivamente do bilhete único universitário fornecido pela Prefeitura de Maricá para frequentarem as aulas, procuraram o LSM para relatar o transtorno causado pela falta de recarga do cartão.

Os estudantes afirmam que chegam a faltar aulas por não ter dinheiro de passagem e acabam prejudicados nos estudos.

Os beneficiários entraram em contato com o LSM, onde pedem um esclarecimento da Prefeitura de Maricá. Os relatos serão divulgados mas a identificação dos estudantes não será revelada.

“Informo que os alunos estão sem recarga no bilhete universitário há dois meses, está muito difícil” disse um estudante.

“Venho por meia desta pedir que vocês, nossa maior fonte de comunicação da cidade, cobrarem da Prefeitura junto a Secretaria de educação um parecer sobre a recarga do bilhete universitário, já que estamos há quase dois meses sem recarga, a última foi feita em agosto. Acontece que a falta de passagem gera danos maiores do que possam imaginar, só estamos pedindo um esclarecimento, quando vai ser recarregado. ” Comentou outra estudante.

“Solicito uma reportagem sobre a falta de recarga do bilhete único universitário, pois está há dois meses sem recarregar e eu vou ter que parar meus estudos pois não tenho dinheiro para pagar passagem todos os dias” afirmou outra beneficiária.

O LSM entrou em contato com a Prefeitura de Maricá mas até a conclusão da matéria não tivemos nenhuma resposta.

error: Conteúdo protegido!