Blitz da Polícia prende dois por gato, em Maricá


Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), realizou uma blitz junto com a Polícia Civil para combater o furto de energia.

(Foto :: Arquivo)
(Foto :: Arquivo)

A Ampla realizou na última terça-feira, em parceria com a Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), uma blitz para combater o furto de energia, em bairros de Maricá. Equipes da distribuidora de energia percorreram o município, fiscalizando residências e comércios para coibir a ação dos furtadores.

Durante a ação, dois moradores foram presos em flagrante por policiais da DDSD. Técnicos da empresa, junto com o perito da Polícia Civil constataram irregularidades na medição de energia da residência.

O índice de perdas registrado em junho pela Ampla, em Maricá, foi de 27,46%, muito superior ao geral da concessionária, de 19,85%. Vale ressaltar que esse índice já chegou à 45,34%, em 2003. O município de Maricá está entre as áreas que possuem o maior índice de furtos de toda a área de concessão da empresa; ficando atrás apenas de São Gonçalo (35,01%) e Campos do Goytacazes (34,48%).

Além de ser crime, com pena prevista de um a oito anos de reclusão, os chamados “gatos de luz” afetam diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e põem em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica. As ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecarga na rede elétrica, ocasionando interrupção no fornecimento de energia.

Os clientes que quiserem denunciar o furto de energia podem fazê-lo através do 0800 28 00 120 ou pela internet: www.ampla.com. Não é necessário se identificar.

O FLUMINENSE


Warning: Division by zero in /home/leiseca1/public_html/wp-includes/comment-template.php on line 1415

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido!