Campeonato Brasileiro de Tiro com Arco movimentou o domingo na Praça Central de Maricá

O último dia de competições do Campeonato Brasileiro de Tiro com Arco por equipes movimentou o domingo, (19), na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro de Maricá. Foram realizadas as finais e a briga pela bronze dos torneios por equipes masculino, feminino e mistas. Os títulos de cada disputa ficaram com Rio de Janeiro, Amazonas e Minas Gerais, respectivamente.

Na disputa por equipes masculina tivemos a surpresa do dia. O título ficou com a equipe Associação Arqueiros da Íris 2, composta por Jhonata Brasil, Marcelo da Silva e Matheus Carvalho, do Rio de Janeiro, superando o Círculo Militar de Campinas, composto por Fábio Passeto, Higor Bruno e Marcos Antonio, de São Paulo e o Associação Arqueiros da Íris, composta por Lugui Barroso, Marcos Vinicius e Marcus D’Almeida, também carioca. A surpresa ficou pelo fato do time que terminou em terceiro, ser composta pelos três primeiros colocados da disputa individual.

Na disputa por equipes feminina, o título ficou com a Fundação Amazonas Sustentável, composta por Ane Marcelle, Graziela Paulino e Larissa Feitosa, do Amazonas; em segundo ficou Associação Arqueiros da Íris, composta Ana Clara, Ana Luiza e Monique Evellin, do Rio de Janeiro, e o bronze ficou com Pampulha Iate Clube, com os atletas Julia Figueiredo, Monica Reis e Priscila Pires, de Minas Gerais.

No torneio misto, onde as equipes são formadas por duplas de um homem e uma mulher, o título do torneio ficou com o Pampulha Iate Clube, com os arqueiros Daniel Resende e Julia Figueiredo, a prata ficou com Circulo Militar de São Paulo, com as atletas Marina Canetta e Roberval Fernando, da capital paulista e o terceiro lugar foi para Fundação Amazonas Sustentável, com Ane Marcelle e Gustavo Paulino, pelo estado de Amazonas.

Mesmo com chuva, cerca de duas mil pessoas estiveram durante todo o dia acompanhando a competição inédita, realizada em praça pública. A arena foi elogiada pelos responsáveis da CBTARCO (Confederação Brasileira de Tiro com Arco), que disseram que a estrutura era de nível internacional.

Também foi bastante movimentada a clínica do esporte, onde jovens e crianças da cidade foram apresentados ao esporte. “Vamos investir na formação de atletas, pois nossa cidade já provou ao mundo que tem enorme potencial em Esporte”, disse o prefeito Fabiano Horta, que esteve acompanhando a competição e até se arriscou no esporte.

Existe ainda a possibilidade de Maricá ser a sede do Campeonato mundial de Tiro com Arco. “- Quero poder ajudar e muito em dar oportunidades aos jovens se dedicarem ao esporte, principalmente esportes olímpicos na nossa cidade! Tenho a convicção de que o esporte é uma das principais ferramentas na formação do cidadão”, disse o Secretário de Esportes e Lazer de Maricá, Filipe Bittencourt.

REPORTAGEM RELACIONADA

FOTOS DE FABRÍCIO CORRÊA

error: Conteúdo protegido!