Candidatos do processo seletivo para Unidade Básica de Saúde de Maricá enfrentam problemas para realizar entrevistas


Imagem de Arquivo::: LSM

LSM – Diversos internautas – que se inscreveram no processo seletivo para a Unidade Básica de Saúde de Maricá – procuram LSM para relatar sobre a falta de comunicação com a empresa responsável pelo certame.

Segundo os candidatos, a falta de comunicação com o Instituto Gnosis acabou causando alguns transtornos, como por exemplo, diversos candidatos acabaram perdendo o dia de entrevistas por não serem avisados sobre as datas.

Sobre o processo seletivo:

A Rede Básica de Saúde de Maricá abriu no dia 16 de maio, um processo seletivo com vagas para Agente Comunitário de Saúde, Técnico de Enfermagem, Enfermeiro de Saúde da Família, Cirurgião Dentista, sob o regime jurídico estabelecido pela CLT, para atuação na Estratégia Saúde da Família (ESF).

Os candidatos serão contratados por regime CLT, conforme o ART 443, não possuindo direito à estabilidade, restando o procedimento condicionado a oportunidade e conveniência do Instituto Gnosis, durante o prazo de validade da seleção.

A equipe LSM, entrou em contato com o Instituto Gnosis, mas até a conclusão da matéria não houve retorno.

error: Conteúdo protegido!