Casal sofre tentativa de homicídio ao tentar vender a casa em bairro de Maricá


Por Romário Barros- Um casal sofreu uma tentativa de homicídio ao tentar vender uma casa no bairro de Jacaroá, na Região Central de Maricá. Crime aconteceu na tarde desta quarta-feira, 17, um uma casa na Rua 1o de setembro.

De acordo com levantamento feito pelo site LSM, o casal colocou uma placa de venda – com os números de contato – no muro há aproximadamente um ano e no último sábado, dia 12, um homem entrou em contato telefônico dizendo que queria comprar o imóvel. O casal marcou com o suposto comprador, mostrou a casa e acertaram que na sexta-feira finalizariam a compra.

Nesta quarta-feira, o casal veio para Maricá, pois a mulher teria que assinar alguns papéis. Pela manhã, o casal e o suposto comprador ficaram acertando detalhes, inclusive foram na Prefeitura e no Cartório para regularizar algumas pendências. No cartório, após algumas manobras evasivas do suposto comprador, eles decidiram ir até imóvel, onde o homem concretizaria a compra online.

Após conversarem bastante, o suposto comprador foi para próximo da piscina alegando melhor contato de internet. O proprietário da casa, desconfiado, resolveu finalizar a conversa. Quando o homem foi para frente da casa preparar  o carro para ir embora, escutou sua esposa gritando pedindo socorro. Ele correu para ajudar e ao entrar na casa observou o suposto comprador segurando a sua esposa e a esfaqueando.

O marido tentou salvar a esposa e o suposto comprador, agora um criminoso, partiu para a briga. O criminoso conseguiu esfaquear o homem e a esposa conseguiu correr ferida para o lado de fora. O homem também conseguiu correr e pediu ajuda para os vizinhos. O bandido ainda pegou as chaves do carro e os celulares do casal e foi embora gritando dizendo que iria voltar e quebrar todo mundo. O casal foi socorrido por vizinhos e levados para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro. Eles não correm o risco de morte.

O bandido chegou em uma moto com placa de auto escola de cor preta com detalhes vermelha/ Dremmis de 48 cc. O bandido, que se identificou com Jéferson, tem a altura de 1m90, cor da pele escura, cabelo cortado baixo, boca larga, olhos de cor escura, trajando bermuda de cor cinza e camisa de cor clara.

O caso foi registrado na Delegacia de Maricá, que investiga o crime.

error: Conteúdo protegido!