Convênio com estado para doação de R$ 45 milhões a São Gonçalo é assinado no Rio pelo Prefeito de Maricá


Imagens: Evelen Gouvêa

O prefeito de Maricá, Fabiano Horta, assinou na tarde desta sexta-feira (03/04),  com o governador Wilson Witzel, o documento oficializando o repasse de R$ 45 milhões  para ajudar o município de São Gonçalo na construção de hospitais de campanha necessários para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) naquela cidade.

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, também participou da solenidade, já que os outros R$ 45 milhões necessários para a construção sairão dos cofres niteroienses. O documento foi assinado no Palácio Guanabara, no Rio de Janeiro, na presença do governador e do secretário Estadual de Saúde, Edmar Santos. A verba será repassada ao estado que por sua vez dará a destinação prevista no acordo. No caso de Maricá, o valor sairá do tesouro municipal.

“Niterói e Maricá são dois exemplos que receberam royalties do petróleo e vem de várias gestões fazendo bom uso desse dinheiro, a ponto de poderem agora estar ajudando outros municípios. São Gonçalo é um município que tem muitas dificuldades e que nós estamos tentando sempre ajudar na segurança pública, na saúde e agora nesse momento difícil, juntando todos os nossos esforços para ajudar aqueles que mais precisam”, disse Witzel, ressaltando que “o momento é de salvar vidas e a economia será resolvida posteriormente”.

O prefeito Fabiano Horta ressaltou a importância desse momento de união entre os municípios. “Poderemos ter um auxílio a uma cidade vizinha nossa, que carece de recursos para ações e programas que possam enfrentar a pandemia.  De nada adianta Maricá e Niterói terem seus recursos guardados se tem alguém do lado pode ser ceifado pela doença”, analisou. “É hora de construirmos os processos juntos e marcamos hoje uma ação concreta e objetiva para o Brasil, de que unindo forças os municípios vão superar esse grande drama”, ressaltou Fabiano. “Esse momento é de uma interação federativa, com Niterói e Maricá unindo forças com o estado para essa ajuda a São Gonçalo é algo inusitado e inovador”, destacou o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.

Muito emocionado, o prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, agradeceu aos prefeitos e ao governador. “Sou médico e sei o que o Brasil está passando. A única cura é ficar em casa”, afirmou o prefeito do município gonçalense. “A gente tem poucos recursos, mas com essa ajuda e com a medida de isolamento social do governador vamos enfrentar o coronavírus. O momento agora é de salvar vidas”, completou Nanci.

O secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, ressaltou que a única política que interessa no momento é a de salvar vidas. “Estamos dando o exemplo de como o país deve se reconstruir para ser de verdade uma grande nação”, completou.

Os secretários André Moura (Casa Civil e Governança) e Cleiton Rodrigues (Governo e Relações Institucionais), além do presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano, participaram do ato de assinatura do termo de cooperação entre os municípios e o Estado do Rio.

Fonte: PMM

error: Conteúdo protegido!