Estacionamento rotativo de Maricá pode passar a ter mais tempo de tolerância


O Vereador Ricardinho Netuno (PATRI) levou a a Câmara Municipal de Maricá um projeto de lei que altera o tempo de tolerância do estacionamento rotativo de Maricá de 15 para 30 minutos, na sessão ordinária desta segunda-feira, 2.

Segundo Ricardinho Netuno, a proposta do projeto de lei surgiu após diversos utilizadores do estacionamento reclamarem do pouco tempo de tolerância. Segundo uma moradora de Ponta Negra, Jennifer Santos, essa mudança seria perfeita para quem quer resolver problemas no Centro.

“Às vezes venho com meu pai pagar uma conta ou comprar algo rápido no mercado para meu filho e com o rotativo ficou mais difícil, pois temos que procurar um local que venda o bilhete, nem sempre temos dinheiro trocado, é complicado. Mas se o tempo aumentar para 30 minutos a gente consegue resolver mais rápido”, contou a moradora.

A cobrança do estacionamento rotativo de Maricá começou no dia 15 de julho. O valor para carros com placa do município é de R$ 2,00 e para veículos licenciados em outras cidades é de R$ 2,50.

O estacionamento é gerenciado pela Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), com o apoio da Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Trânsito. Cada tícket tem duração de duas horas, podendo ser prorrogado para mais duas, no máximo.  

error: Conteúdo protegido!