Estudante de Maricá morre diagnosticada por gripe suína, diz família


A jovem tinha apenas 14 anos. (Foto :: Reprodução | Facebook)
A jovem tinha apenas 14 anos. (Foto :: Reprodução | Facebook)

EXCLUSIVO LEI SECA MARICÁ  A estudante do Colégio Joana Benedicta Rangel, Ana Julia Silva, de apenas 14 anos, morreu na última sexta-feira, 21, diagnosticada segundo a família, por contaminação do vírus H1N1, conhecida como gripe suína.

Em uma postagem emocionada no facebook, Alexsandro Costa Pessoa, pai de Ana Julia contou que a jovem foi diagnostica tardiamente. “Minha filha, de 14 anos veio a falecer hoje (sexta-feira) ás 10:25 horas da manhã com um quadro de gripe suína H1N1 tardiamente diagnosticado”. Contou.

O sepultamento da jovem, que morava com a família no bairro do Boqueirão, aconteceu no último sábado, 22, às 10 horas da manhã. Amigos e familiares compareceram ao cemitério de Maricá e prestaram uma última homenagem a jovem.

“- Até agora não estou acreditando que você se foi assim tão rápido. Não dá pra acreditar e não quero acreditar que você não vai mais estar entre nós, mas agora o que eu posso fazer? Além de rezar pela sua alma, então que Deus conforte o coração de seus familiares, pois eu sei como e difícil essa situação mas tenho certeza de que vai estar em um lugar bem melhor olhando por nós. Vou sentir muita falta mesmo das horas que você não parava de me chamar de “cunhada” mas prometo que só lembrarei de coisas boas. Descanse em paz bonequinha” Disse Jéssica Alves pelo facebook.

Depoimento do pai da vítima

“- Minha filha deu entrada no Hospital Conde Modesto Leal em Maricá mais de dez vezes nas últimas 2 semanas e nada foi feito, sequer um exame. Só ficando em observação e depois era mandada para casa cada dia com um médico irresponsável diferente inventado um novo diagnostico.

Fico surpreso por nossa medicina não ser referência mundial com a capacidade que certos supostos profissionais de saúde tem de fazer diagnósticos só de olhar o paciente e mandar ele pra casa ( é uma vergonha) . Esse hospital é uma vergonha! O único do Município e não tem um CTI ou UTI ou equipamentos ou medicamentos ou se quer uma administração para dar um minimo de assistência decente para os cidadãos trabalhadores e que pagam seus impostos. Essa prefeitura é e sempre foi um lixo, antro de corrupção onde todos só enxergam os próprios umbigos. Estou indignado, enojado.

Quero agradecer de todo o coração ao DR. Gaúcho que se não fosse por ele minha filha não teria sido transferida desse hospital nojento e também a mais dois médicos aos quais eu não lembro o nome, mas assim que puder eu coloco.  Também a DR. Simone e aos funcionários que ficaram indignados pela falta de recursos para poder ajudar minha filha.

Quero também agradecer as enfermeiras que salvaram minha filha descobrindo que ela estava com a glicose muito elevada e tirado minha filha do soro após um médico irresponsável ter colocado minha filha no soro e saído as pressas pra curtir o feriado sem se quer ter se dado ao trabalho de examina-la ou saber do histórico dela, não fosse por essas enfermeiras minha filha teria morrido ali mesmo naquele hospital de mentira

Tenho muito mais detalhes a dizer de todo histórico ocorrido nas duas semanas suplicio nesse hospital que levou a morte de minha filha, mas no momento é só.”

Nota da Prefeitura

De acordo com a Prefeitura de Maricá, a paciente deu entrada no Hospital Municipal Conde Modesto Leal às 6h, do dia 20/11 (quinta-feira), com quadro de descompensação metabólica aguda provocada por diabetes e infecção nas vias respiratórias. A jovem foi transferida no mesmo dia para a UTI em Itaboraí.

A Prefeitura de Maricá informou que a Secretaria Municipal de Saúde ainda aguarda o resultado dos exames que vão definir se a paciente estava ou não contaminada pelo vírus H1N1, mas já tranquilizou pais e responsáveis do  CEM Joana Benedicta Rangel com relação à situação, já que não há registro de nenhum caso da doença no município. ​


Warning: Division by zero in /home/leiseca1/public_html/wp-includes/comment-template.php on line 1415

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido!