“Falta administração”: Presidente da Câmara critica a Secretaria de Saúde de Maricá


Por Romário Barros- O Presidente da Câmara de Maricá, Aldair de Linda (PT), partiu para o ataque a Secretaria Municipal de Saúde, coordenada atualmente pela Drª Simone Costa.

Aldair lembrou que vêm recebendo diversas reclamações referentes a saúde de Maricá, tanto na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Inoã quando no HMCML (Hospital Municipal Conde Modesto Leal) e culpa a administração da Secretaria pelos problemas.

“- Não dá pra esconder os erros fatais que estão acontecendo na área da saúde. Eu não culpo nem a Secretaria, eu culpo a administração da gestão da Secretária Simone. A administração está horrível cheia de falhas. Nós vamos dar prazo para ela resolver. Vamos fazer audiência, vamos chama-la pra vir aqui. Chamar não, vamos convoca-la, pois nós vereadores temos o direito de convocar ela para vir aqui. Nós vamos dar um prazo pra ela responder. Se não resolver, vamos tomar as causas cabíveis”, enfatizou Aldair.

Segundo Aldair, o problema da saúde não é dinheiro e sim, falta de administração.

“- Falta administração, não falta dinheiro, não falta vontade do Prefeito, não falta vontade dos vereadores. Falta administração na Secretaria de Saúde”, afirmou.

O Presidente citou ainda um caso que vêm acontecendo no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Maricá. Atualmente, a única ambulância que atende o SAMU é de uma empresa terceirada. As ambulâncias, que foram doadas pelo Governo Estadual, estão quebradas e em um oficinas mecânicas.

“- Te mais de um ano que a SAMU não vê ambulância na cidade. É falta de administração ou falta de dinheiro? É administração. Eu tirava dinheiro do meu bolso pra comprar bateria. Não é a falta do prefeito mandar. Falta administração. Mais de um ano e tá arriscado a gente a perder a SAMU de Maricá porque não ta atendendo as exigências da SAMU Estadual. Só temos uma ambulância na SAMU rodando. Todas as ambulâncias que estão passando pelo SAMU são alugadas pela LEFE (empresa terceirizada) .Vê se tem cabimento um negocio desses. Isso é administração ou não é? Isso não cabe, isso não existe. E a SAMU de Maricá é uma das melhores do estado do Rio de Janeiro. É uma vergonha para o nosso município uma coisa dessas”, denunciou.

Aldair lembrou que ele já teve que ‘correr atrás’ para comprar baterias e até pneus para as ambulância do SAMU.

“- Meses antes da LEFE (empresa terceirizada) entrar, a SAMU só funcionou porque eu colocava do meu bolso também. Eu comprava baterias, comprava pneus, comprava isso e comprava aquilo. Antes dessa licitação eu que comprava, ia até os comerciantes para fazer isso e aquilo.A direção não tem coragem de colocar uma bateria, mesmo vendo o carro ficar lá parado”, enfatizou.

Durante a fala de Aldair, o vereador Chiquinho (PT) disse que há rumores de que quem manda na saúde de Maricá é o marido da Secretária e não a Secretária Simone Costa.

error: Conteúdo protegido!