Greve de caminhoneiros pode prejudicar fornecimento de água em parte de Maricá


A greve dos caminhoneiros também pode afetar o fornecimento de água no estado do Rio. A Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) pede que a população do estado economize água porque a o bloqueio de carretas nas estradas em todo o país, inclusive em Maricá, provoca dificuldade de entrega no fornecimento de produtos químicos na companhia.

“No momento, a dificuldade de entrega está causando baixa no estoque dos produtos químicos. A Cedae permanecerá agindo para que suas atividades de produção continuem sem interrupção, no entanto, pede à população que economize água até que seja restabelecida a normalidade na entrega dos produtos químicos necessários e fundamentais ao tratamento”, diz a Cedae em nota.

Parte do bairros de Itaipuaçu e Inoã recebem água do sistema imunana-laranjal, em São Gonçalo. Já o Região Central de Maricá é abastecida pelo Rio Ubatiba, também administrado pela Cedae.

error: Conteúdo protegido!