Guardas municipais de Maricá reivindicam melhorias e valorização da categoria


O LSM foi procurado por diversos guardas municipais de Maricá que relatam descaso e falta de valorização da categoria. Os agentes reivindicam melhorias como auxílio-alimentação, pagamento de risco de vida e pagamento do regime especial de trabalho.

Os guardas municipais afirmam que os problemas persistem há muitos anos em Maricá e que desanimam o trabalho dos agentes. Os agentes relatam que ficam nos módulos de segurança do Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS) correndo risco de sofrer retaliações de criminosos, como já aconteceu no módulo localizado em Inoã.

Além do risco de vida, produtos essenciais como água e até papel higiênico usados nos módulos de segurança são comprados pelos próprios agentes, gerando uma grande revolta, segundo os guardas municipais.

‘Estamos cansados de trabalhar nessas condições, correndo risco de vida e não recebendo nenhum valor’ afirma um guarda municipal.

O LSM procurou a Prefeitura de Maricá para obter uma resposta aos agentes. Em nota, a Prefeitura afirmou que a situação relatada foi repassada ao comando da Guarda Municipal, que irá apurar as possíveis irregularidades. Caso sejam constatadas, o Comando irá tomar as providências cabíveis.

error: Conteúdo protegido!