IML diz que homem morreu no Hospital de Maricá por hemorragia interna e não engasgado com pão


A Secretaria de Saúde de Maricá emitiu uma nota no início da noite desta quinta-feira, 18, esclarecendo que a causa da morte de Sergio Estevão da Silva, de 45 anos, que estava internado no Hospital Municipal Conde Modesto Leal desde o último domingo foi lesão hepática aguda. Trata-se de uma hemorragia interna possivelmente provocada pelas agressões sofridas pelo paciente. A secretaria acrescenta que conseguiu o laudo junto ao Instituto Médico Legal (IML) de Niterói.

O paciente, segundo a nota, deu entrada no hospital no domingo (14/04). A equipe de plantão constatou que o também tinha um quadro compatível com síndrome de abstinência de álcool ou química, o que aumentou a lesão interna.

O atendimento, segundo a nota, foi feito de acordo com o que era recomendado para tal quadro. De acordo com a nota, na última terça-feira (16), no entanto, o paciente sofreu uma parada cardiorrespiratória, foi assistido e entubado – o que descarta qualquer possibilidade de sufocamento por objeto estranho – mas após quarenta minutos de tentativas de ressuscitação cardiopulmonar não resistiu e veio a falecer.

REPORTAGENS RELACIONADAS



error: Conteúdo protegido!