Itaipuaçu: Moradores do ‘Minha Casa, Minha Vida’ denunciam presença de ‘olheiros do crime’


LSM- Moradores do condomínio ‘Minha Casa, Minha Vida’ denunciaram nesta segunda-feira, 21, a presença de criminosos na Estrada de Itaipuaçu e Rua Áustria. Armados e com radiotransmissores, os olheiros teriam função de vigiar quem entra e sai do conjunto habitacional e intimidar moradores ‘desobedientes’.

De forma anônima, dezenas de moradores enviaram mensagens para a redação do LSM, relatando a ação criminosa. Segundo eles, o tráfico tem espalhados diversos olheiros pela rua principal de acesso, pelas ruas que cercam o condomínio, incluindo a Estrada de Itaipuaçu.

“O tráfico está tomando conta daqui, aonde nós vamos tem um nos vigiando. Eles estão espalhados: tem na portaria, tem na Rua Brasil, na Rua Austria e até lá na esquina, na padaria” relatou uma denúncia.

De acordo com uma das denúncias, o tráfico estaria obrigando os moradores que possuem veículo a entrarem com o pisca alerta ligado.

“Para a gente entrar, tem que abaixar o farol, descer os vidros, deixar a luz do salão acesa e ligar o pisca-alerta. Essa é a ordem deles, temos que obedecer para não correr risco”, descreveu um morador.

Um outro episódio foi relatado por áudio de uma moradora. Segundo ela, para intimidar os moradores, criminosos armados fazem diversas abordagens ao longo do dia. A moradora contou que um vizinho teve o carro abordado por quatro criminosos armados na esquina da Estrada de Itaipuaçu com a Rua Áustria, ao ir comprar cerveja na padaria. “Isso às 9 horas da noite, quatro homens armados na esquina. Eles pensam que todo mundo é polícia, eles estão abordando mesmo, na cara dura… De manhã, tarde e de noite… infelizmente a nossa área da Reserva está desse jeito” lamentou ela.

REAÇÃO DA POLÍCIA

Agentes da Delegacia de Maricá (82ª DP) e Policiais Militares da 6ª Companhia de Maricá, com apoio das equipes de PMs do Programa Estadual de Integração na Segurança (PROEIS) tem montado operações com objetivo de desarticular a criminalidade e o avanço do tráfico de drogas no município de Maricá.

Operações com estas já foram feitas nas comunidades da Região Central de Maricá, São José, e na última semana, ocorreu nas comunidades do Risca Faca e do Bananal, ambos em Inoã.

Segundo os coordenadores da Operação, o delegado titular da 82ª DP, Dr. Mulatinho e comandante da PM de Maricá, Capitão Thiago Hilário, o próximo alvo das ações são os condomínios ‘Minha Casa, Minha Vida’ de Inõa e Itaipuaçu.

error: Conteúdo protegido!