Justiça nega recurso e Maricá cai na classificação da Série B1 do Carioca


LSM – Foi realizado na tarde desta quinta-feira, 15, o julgamento para decidir se o Maricá Futebol Clube e o Duque de Caxias voltariam ao campo para uma nova partida. O Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Rio de Janeiro (TJD-RJ) foi contra o recurso.

O julgamento foi necessário pois na primeira partida entre as equipes, o clube maricaense teria perdido por W.O, pela falta de equipe médica necessária, mas uma liminar concedida pelo TJD suspendeu o resultado.

Os times que participam do campeonato disputam nesta fase, as melhores colocações para as semifinais. Com a decisão da justiça, o Duque de Caxias soma três pontos e chega aos 16, um a mais que Audax/Miguel Pereira e Gonçalense, que lideram o Grupo A.

Já o Maricá F.C. ainda aguarda um novo julgamento, que será realizado na próxima segunda-feira, 19, para decidir qual será a punição para o time pelo W.O., e se ele ainda terá chances de garantir uma vaga na próxima fase.

Sobre o W.O.

No dia da partida, o Maricá teve problemas pra conseguir que a ambulância da empresa contratada chegasse ao estádio Alziro Ramalho, o Alzirão, em Itaboraí.

Segundo o clube, o veículo ficou preso no Rio de Janeiro por conta da chuva que atingiu o estado. Para tentar resolver a situação, o clube acionou a ambulância de um hospital da região, mas ela chegou com apenas um enfermeiro, porém são necessários dois profissionais, segundo o protocolo da Federação.

error: Conteúdo protegido!