Maricá: Colheita de aipim da Fazenda Ibiaci atende instituições assistenciais


Fotos: Clarildo Menezes

Em plena Semana do Meio Ambiente, a colheita de aipim da Fazenda Ibiaci deverá arrecadar um total aproximado de 8 toneladas do produto, que será distribuído a instituições de ajuda e pessoas com trabalho social no município. A ação da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca de Maricá começou nesta quarta-feira (03/06) numa área de um hectare (equivalente a 10 mil metros quadrados), onde foi plantado há cerca de oito meses. O trabalho deve seguir até sexta-feira (05), que é o Dia Mundial do Meio Ambiente.

O secretário da pasta Carolino Santos acompanhou parte da colheita e disse que o intuito é, de fato, atender a pessoas mais necessitadas e de baixa renda. “Com toda essa terra fértil que temos aqui, estamos provando que quando ela é bem cuidada pode atender a muitos que não têm o que pôr na mesa. Vamos transformara Ibiaci numa fazenda modelo”, disse.

No fim da manhã, 15 caixas com 20 quilos cada uma começaram a ser entregues em asilos e casas de acolhimento para dependentes químicos, por exemplo. A primeira entrega foi feita para Cátia Regina de Andrade, que há 20 anos mantém um trabalho que leva alimentos a uma comunidade carente do Caju, bairro onde mora. Segundo ela, cerca de 150 moradores são beneficiados.

“É gente muito pobre e que muitas vezes passa fome mesmo. Essa ajuda ameniza um pouco a situação deles, que com a pandemia estão vindo buscar o que precisam, é uma bênção para todos nós”, afirmou Cátia, que tem 49 anos e é esteticista de formação.

Com uma área total de 200 hectares, a Fazenda Ibiaci pertence a prefeitura e no local foram feitas colheitas recentes de abóbora (com 8 toneladas colhidas) e de melancia (de 10 toneladas). Em maio, o espaço teve sua primeira colheita de mel, extraído de colmeias montadas próximo à sede.

error: Conteúdo protegido!