Maricá: Crimes de assedio sexual de crianças podem ser denunciados por telefone


Imagem da Internet

Nesta segunda-feira (18/05) é o Dia de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração de Crianças e Adolescentes. Em Maricá, foi criado o Disque 100 (a ligação é gratuita e o anonimato é garantido) para denúncias de assédio e exploração sexual de crianças e adolescentes que são crimes. As denúncias também são recebidas nos dois núcleos do Conselho Tutelar do município ou pelo email do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), vinculado à Secretaria de Assistência Social.

A data foi instituída no Brasil, em 18 de maio de 2000, através da lei federal n° 9.970, após o caso “Araceli”, como ficou conhecido, em 18 maio de 1973, e que chocou o Brasil. Na época, então com 8 anos de idade, Araceli Cabrera Crespo foi raptada, drogada, estuprada e morta, no Espírito Santo.

Veja onde denunciar os crimes:

Conselho Tutelar 1 – (21) 96675-2463

Conselho Tutelar 2 – (21) 96675-3536

Disque 100

CREAS – [email protected]

error: Conteúdo protegido!