Maricá: Lixo jogado nas ruas agrava risco de alagamentos


LSM – Nesta segunda-feira, 13, choveu 80% do acumulado previsto para o mês de janeiro em Maricá. A forte chuva causou diversos transtornos na cidade como alagamentos, muitas famílias perderam tudo.

A situação caótica causou um desespero na cidade mas também acendeu um alerta: o descarte irregular do lixo. Equipes de varrição da Autarquia de Serviços de Obras (SOMAR) da Prefeitura de Maricá estiveram nas ruas para os procedimentos de limpeza e se depararam com montanhas de lixo jogados nas ruas.

É dever da Prefeitura fornecer para a população um sistema decente de saneamento e escoamento para evitar os transtornos causados pela chuva mas a primeira atitude para evitar entupimentos e alagamentos em períodos de fortes chuvas, é não jogar lixo nas ruas e em terrenos baldios, pois os resíduos entopem os bueiros, acumulam-se nas caixas de passagem para onde escoa a água da chuva e reduzem a vazão, causando inundações.

Os materiais plásticos, como sacos e garrafas, levam anos para se decompor e criam uma espécie de barreira para o fluxo de água. Da mesma forma, não se deve descartar móveis, pneus velhos, galhos de árvores ou entulhos nas ruas, além de poluir o ambiente, reduzem a área que proporciona vazão à água, com risco de transbordamento.

Para evitar futuros alagamentos, seguem algumas dicas:

• Jogue o lixo na lixeira;
• Não jogue lixo em terrenos baldios
• Não jogue troncos, móveis, materiais e lixo nas ruas
• Não jogue lixo nos bueiros (boca-de-lobo) para não obstruir o escoamento da água;
• Limpe telhados e canaletas das águas para evitar entupimentos;
• Procure acondicionar o lixo, observando os horários de coleta;
• Não construa próximo a córregos que possam inundar;
• Não construa em cima de barrancos que possam deslizar, carregando sua casa;
• Não construa embaixo de barrancos que possam deslizar, soterrando sua casa.

O lixo que você não joga no local apropriado pode ser o mesmo lixo que alaga casas, estabelecimentos, ruas e desabriga milhares de famílias.

error: Conteúdo protegido!