Maricá: PM pode começar a patrulhar orlas com patinetes


LSM – O patrulhamento com uso de patinetes pela Secretaria de Polícia Militar será estendido ainda este ano para outras áreas da cidade e do estado dotadas de ciclovias. O projeto foi realizado de forma experimental durante pouco mais de um mês na orla de Copacabana e por ter tido um resultado positivo, pode ser adotado em Maricá e Niterói em breve.

Com objetivo principal de reduzir os índices de furtos e roubos na orla, o projeto foi idealizado pelo comando do 19º BPM, de Copacabana, e avaliado por 30 dias, entre o período de 28 de junho a 28 de julho. Para o período de testes, foram adquiridos três patinetes: dois comprados pela PM e outro doado por uma empresa privada. 

A unidade implantou o processo de testes do programa atuando diariamente com uma dupla de policiais circulando por toda a extensão da orla, utilizando a pista da ciclovia.  Movidos à eletricidade, os patinetes são ecológicos e garantem mobilidade e agilidade na ação de policiamento.

Os patinetes permitem manobras rápidas em curtos espaços físicos e tem velocidade de 25 km/h, permitindo bom desempenho em perseguições sem sobrecarregar os policiais.

Durante o período de teste, os policiais militares do programa experimental efetuaram 21 prisões, quase todas por porte e uso ilegal de drogas. Alguns dos detidos tinham antecedentes criminais por roubo, furto e tráfico de drogas.

Mesmo considerando que o movimento na orla em julho deste ano tenha sido inferior ao registrado no mesmo mês do ano passado, por conta do isolamento social para prevenir o coronavírus, os índices de roubos e furtos sofreram uma redução superior a 80% no período.

error: Conteúdo protegido!