Maricá: Reitoria da UFRJ e Prefeitura celebram parceria em laboratório de análises


Fotos: Vinícius Manhães

Antes da inauguração do novo laboratório de testagem para Covid-19, o prefeito Fabiano Horta e o diretor-presidente do novo Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM), Celso Pansera, participaram de uma videoconferência com a reitora da UFRJ, Denise Pires de Carvalho, onde foi celebrada a parceria entre a instituição e o governo municipal.

Durante a conversa remota, Pansera revelou que o local vai ajudar a criar um mapa virológico da cidade a partir de pesquisas realizadas nas residências, já partir do mês que vem. Um outro laboratório, este de virologia molecular deverá ser montado no Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara.

De acordo com a reitora da universidade, Maricá poderá se tornar um exemplo de como a ciência pode ajudar a sociedade de forma solidária.

“Tenho certeza de que esta interação só vai se ampliar. Temos interesse também no futuro parque tecnológico da cidade e também em levar essa pesquisa à população”, projetou Denise Pires de Carvalho, ressaltando que “não pode existir uma agenda econômica sem que haja outra de teor humanístico. A economia existe para atender à população e não o contrário. Não interessa a ninguém deixar gente morrer por causa da economia, e Maricá está mostrando isso”, afirmou.

Para o prefeito, a cidade passa a ter uma relação próxima com a UFRJ para construir inovações futuras. “É um ambiente onde a ciência é protagonista e, a partir disso, vamos elaborar um conjunto de decisões e projetos comuns. Temos o desafio de combater essa doença e um dos caminhos é mapear as áreas mais atingidas. Esta é a primeira grande ação do ICTIM, que passa a ter um papel central nesta campanha”, frisou Fabiano Horta.

error: Conteúdo protegido!