Médico de 62 anos com suspeita de coronavírus morre em Itaipuaçu


Um médico de 62 anos, morador de Itaipuaçu, morreu na madrugada desta quinta-feira, 26, com suspeita de coronavírus. O homem prestava atendimento no Hospital das Freiras, em São Gonçalo, e na Clínica da Família Dr. Zerbini, no Arsenal.

De acordo com informações, o idoso apresentava sintomas da doença e nos últimos dias, crises de pânico, além de pertencer ao grupo de risco: tinha hipertensão e diabetes.

Na madrugada desta quinta-feira, 26, por volta das 3h da manhã, o idoso se sentiu mal e pediu à esposa um copo de água com açúcar, pois acreditava que sua glicose estava baixa. Após tomar a água com açúcar, ele foi ao banheiro, que fica no quarto, e ali deu um grito, e caiu no chão desmaiado.

O filho do idoso correu e o levou rapidamente ao Posto de Saúde Santa Rita, localizado na Rua 83, mas ao chegar na unidade, o senhor já se encontrava sem vida.

A princípio, o médico que atendeu a família, disse que este seria um caso de infarto, mas ao verificar no sistema o nome da vítima, encontrou um registro de entrada do idoso no Hospital Conde Modesto Leal no dia 17 de março, por volta das 17h. Não há informações sobre os sintomas dele neste dia, mas há o registro de que ele foi submetido ao teste de coronavírus, portanto era um dos casos suspeitos da cidade.

A amostra da vítima será analisada para constatar ou descartar a hipótese de coronavírus.

error: Conteúdo protegido!