Microempresa ligada a um Secretário do Governo está vendendo água superfaturada para o município de Maricá, denuncia Vereador Poubel

Na ultima segunda-feira (11), o vereador Filippe Poubel (DEM) levou a tribuna mais uma grave denuncia envolvendo uma empresa contratada pela prefeitura de Maricá para fornecimento de água potável própria para o consumo, em galões de 20Lts.

Segundo Poubel, a empresa Javali Rações, venceu uma licitação no valor de R$ 140.000,00 (cento e quarenta mil reais) para fornecimento de água, onde o preço unitário dos galões (20Lts) estaria saindo para os cofres públicos de R$ 8,50 (oito reais e cinquenta centavos), sendo que o mesmo galão, é comprado por essa empresa em uma distribuidora no bairro do Espraiado pelo preço unitário de R$ 1,00 (um real), ou seja, a Javali Rações, vencedora da licitação compra água a um custo de R$ 1,00 e revende para a prefeitura de Maricá por R$ 8,50, mais de 800% de superfaturamento.

– “Estão comprando essa água que custa R$ 1,00 por R$ 8,50, quase 1000%. Isso é Roubo! Estão roubando da população maricaense!”, afirma Poubel.

Além dos indícios de superfaturamento no contrato, o parlamentar foi além. Acontece que a empresa Javali Rações está cadastrada na categoria MEI (Microempreendedor Individual), com um capital social de R$ 2.500 (dois mil e quinhentos reais), e segundo a lei de licitações N.º 8666 as empresas só podem fornecer 10 vezes o valor do seu capital, que nesse caso, seria R$ 25.000 (vinte e cinco mil reais), valor muito distante do contrato vencido pela empresa de R$ 140.000,00.

– “Eu estive nessa empresa, é uma “portinha” sem a menor condição de fornecer e atender a esse contrato. Um absurdo!”, relata Poubel indignado.

Além do valor superfaturado da água, o preço da galão vazio também chamou a atenção. Segundo Poubel, essa empresa estaria fornecendo para a prefeitura o galão de 20lts vazio com um preço unitário de R$ 22,00 (vinte e dois reais), enquanto o valor médio de mercado deste mesmo galão seria de R$ 12,00 (doze reais).

E como se não bastasse, o vereador afirmOU que essa microempresa possui ligações com um poderoso secretário do governo Fabiano Horta (PT).

– “Essa empresa Javali Rações tem uma ligação com um alto e poderoso secretário do município que eu já fiquei sabendo, está em nome da esposa do dono, comprando a água a R$ 1,00 e vendendo para o município por R$ 8,50”, finaliza Poubel.

error: Conteúdo protegido!