Moradores da Região Litorânea de Maricá ganham agência do Banco Mumbuca


Os moradores do 2° distrito de Maricá ganham no próximo sábado (19/05) uma agência do Banco Mumbuca. Com isso não precisarão mais vir ao Centro da cidade para abrir conta, solicitar crédito ou qualquer outro serviço. A nova agência ficará em Cordeirinho, na esquina da Avenida Maysa com a Rua 80. Esta será a terceira agência do Banco Mumbuca em Maricá. A primeira, fica no Centro, a segunda foi aberta em Inoã. Segundo o diretor do Banco Mumbuca, Joaquim Melo, uma quarta agência será aberta em julho, em Itaipuaçu.

Em Cordeirinho, a inauguração terá programação intensa que começa às 8h e vai até às 17h. Na parte da manhã além de shows culturais o público vai ter à disposição uma feira com artesanato, gastronomia e apresentação de trabalhos de artistas plásticos. Durante a programação acontece o lançamento do Mumbucred, programa de crédito do banco. De forma simbólica, a agência vai realizar as primeiras operações de crédito para os pequenos produtores de cooperativas ou grupos coletivos.

Ainda na parte da manhã, uma mesa com a participação do secretário de Economia Solidária, Diego Zeidan, vai discutir sobre fianças solidárias – onde será colocada a proposta de Maricá dos bancos comunitários – e os desafios de também se criar um sistema de fianças solidárias das cooperativas, bancos comunitários e fundos solidários. Além do secretário participam do debate professores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o presidente do Banco Mumbuca, Joaquim Melo.

Diego Zeidan destaca que a inauguração da agência em Cordeirinho é fundamental. “É preciso levar para cada vez mais perto da população estes serviços. Desta forma, as pessoas economizam tempo para resolver suas demandas. O próximo passo é levar o banco para Itaipuaçu”, frisou.

A parte da tarde será dedicada ao segundo Mumbuchaka, que é uma parceria entre o Banco Mumbuca e a UFRJ, que buscam alternativas para melhorar o aplicativo e-dinheiro, na realização de relatórios e funcionalidade. O debate vai contar com a participação de vários professores, programadores, técnicos, desenvolvedores de Tecnologia da Informação (TI).

Confira a programação completa:

8h – Acolhida

– Show cultural

– Abertura da feira de produtores e produtoras locais.

– Visitas as instalações do Banco Mumbuca Cordeirinho

– Inauguração da Agencia

– Café

9h – Mesa de Abertura

Gestores Públicos / Associações e Movimentos Sociais / Instituições Convidadas

9h30 – Assinatura dos contratos dos primeiros tomadores de crédito do Banco Mumbuca

Apresentação da carteira de crédito “MumbuCred”: linha de microcrédito a juros zero para empreendedores e cooperativas de Maricá.

Solenidade de concessão dos créditos para 15 produtores e produtoras

10h – Finanças Solidárias em Maricá: desafios de criação de uma Plataforma

– Diego Zeidan – Secretário de Economia Solidaria de Maricá-RJ

– Natália Sciammarella – Coordenadora do Banco Comunitário Mumbuca – O Banco e Maricá

– Representante da Rede de Fundos Solidários- Rio

– Fernando Severo – Representante do LabI – Laboratório de Informática e Sociedade /UFRJ

– Luiz Artur – Especialista em Moedas digitais / UFRJ

14 às 17h – 2ª Mumbuchaka

Trabalho em grupos de programadores/desenvolvedores/especialistas da UFRJ para aperfeiçoar a plataforma e os seus relatórios analíticos

Durante o evento serão oferecidos os seguintes serviços: corte de cabelo, maquiagem e depilação (salões de beleza de Maricá), verificação de pressão arterial e glicose (Farmácia Popular), além de apresentações infantis (palhaço, dança e música) e brincadeiras.

error: Conteúdo protegido!