Morre Lobo-marinho que apareceu nas praias de Maricá


O Lobo-marinho que apareceu nas praias de Maricá e encantou os maricaenses morreu nesta segunda-feira, 2, no Centro de reabilitação que estava. Segundo a empresa CTA, que realiza o monitoramento dos animais marinhos no litoral do Rio de Janeiro, um laudo com a causa da morte será divulgado em cerca de 30 dias.

O animal causou surpresa ao aparecer nas praias de Camboinhas e Itacoatiara no mês passado, atraindo a atenção dos banhistas. De acordo com especialistas, ele não tinha nenhum ferimento e parou apenas para descansar. Ele foi monitorado por equipes de biólogos e médicos veterinários, com o apoio técnico do Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores (Maqua/UERJ) e logístico da Guarda Ambiental.

A equipe identificou que se tratava de um lobo-marinho-subantártico da espécie Arctocephalus tropicalis, macho e adulto.

“O animal, um macho sub-adulto, apresentava-se ativo, alerta e passava a maior parte do dia descansando na areia, comportamento normal para a espécie, a qual já foi descrita para a costa brasileira, com registros pontuais para o estado do Rio de Janeiro, durante o período do inverno brasileiro. Ao final do dia, o lobo-marinho retornava ao mar”, informou o CTA.

Oito dias após aparecer em Niterói, o animal foi visto descansando em uma praia de Maricá. Neste dia, veterinários constataram que ele estava debilitado e, por isso, o lobo foi resgatado e levado para tratamento no Centro de Reabilitação e Despetrolização (CRD) de Araruama, na Região dos Lagos.

No local, a equipe constatou que o lobo-marinho não apresentava nenhuma lesão externa e iniciou um tratamento de hidratação e complexos vitamínicos. De acordo com veterinários, o animal não se alimentava sozinho e comia duas vezes ao dia com a ajuda dos veterinários. Ele também apresentava uma instabilidade no comportamento, com momentos de descanso e de atividade.

Na segunda-feira, 2, o animal foi submetido à coleta de sangue e um exame de raio-x, para acompanhamento do seu estado de saúde. No fim do dia, no entanto, ele não resistiu e morreu.

Segundo o CTA, foi realizado um exame necroscópico no lobo-marinho para detectar a causa da morte. O laudo deve sair em aproximadamente 30 dias.

error: Conteúdo protegido!