Morre o ex-prefeito de Maricá, José Carlos Varella



Por Romário Barros- Morreu na manhã deste sábado, 28, o ex-prefeito de Maricá, José Carlos de Castro Varella. A informação foi confirmada pela filha do ex-prefeito pelas redes sociais. 

José Carlos Castro Varella foi prefeito de Maricá na década de 60. As causas da morte ainda não foram divulgadas. O sepultamento acontece no Cemitério Parque da Colina, em Niterói.

“- É com imenso pesar, que comunico o falecimento de meu pai, José Carlos Castro Varella, nesta manhã. O velório ocorrerá entre 13 e 16h de hoje, no Salão Nobre do Cemitério Parque da Colina em Niterói”, disse Soraya Varella. 

No Governo de José Carlos Varella foi criada a bandeira do município de Maricá, em 2 de setembro de 1964. Em sua concepção original, tem a forma de um retângulo vermelho com uma faixa diagonal branca com três estrelas azuis. A cor vermelha significa o valor e a intrepidez do povo Maricaense. A cor branca simboliza a ordem, a candura e a paz que a Terra Maricaense oferece a todos que a procuram e a cor azul representa o espírito tranquilo e confiante do povo ansioso pelo progresso de sua Terra. Posteriormente, a Bandeira passou a ter mais uma estrela que representa o quarto Distrito (Itaipuaçu). Tanto o Brasão, quanto a bandeira foram desenvolvidos na gestão do prefeito José Carlos de Castro Varella. 

Em 1º de Dezembro de 1996, o ex-prefeito e o filho José Carlos Filho fundaram a padaria Pão da Fazenda, às margens do km 30 da RJ-106, no Flamengo. José Carlos Filho ficou à frente do empreendimento familiar até 19 de maio de 2000, data de seu falecimento. O pai, ex-prefeito, não quis continuar o negócio, mas seu sobrinho Renan Varella Filho, filho de sua irmã, assumiu o comando. Atualmente a padaria se chama ‘Estação do Pão’ e Leonardo Varella, filho de Soraya Varella, comanda o negócio. A padaria é um ponto de encontro dos amigos e familiares para um delicioso café. 

O prefeito Fabiano Horta determinou LUTO oficial de três dias no município e lamenta a perda do ex-chefe do Executivo na década de 1960. 

 

error: Conteúdo protegido!