Motorista da Secretária de Saúde é hostilizado e agredido por traficantes no ‘Minha Casa, Minha Vida’ de Inoã


LSM- Um motorista a serviço da Secretaria de Saúde de Maricá passou por momentos de terror durante a madrugada desta terça-feira, 23, após ter sido hostilizado, esculachado e agredido por traficantes do condomínio ‘Minha Casa, Minha Vida’, no bairro de Inoã.

O caso aconteceu por volta de 4 horas da manhã, na portaria do condomínio. De acordo com a vítima, como de praxe, ele foi com veículo Volkswagen Gol – pertencente à Secretaria – para buscar os pacientes que fazem tratamento no Rio quando ao chegar na entrada do condomínio foi abordado por três criminosos armados.

Agressivos, os traficantes obrigaram o homem a descer do carro e em seguida, iniciaram a sessão de tortura psicológica. Eles deram tiro para o alto – em meio a ameaças de morte tendo as armas apontadas na direção do motorista – colocaram o homem deitado no chão, onde foi ele agredido e hostilizado. Após a sessão de tortura, que durou alguns minutos, a vítima foi expulsa do local.

De acordo com levantamento feito pelo LSM, o serviço prestado pelo motorista tinha a função de buscar os pacientes para levar até a van da Prefeitura que os transporta – às 5 horas – para fazerem tratamentos, exames e consultas no hospital do Rio, como INCA, INTO e HEMORIO.

O caso será registrado na Delegacia de Maricá (82ª DP).

error: Conteúdo protegido!