publicidade 1200x90
20/04/2016 às 15h36min - Atualizada em 20/04/2016 às 15h39min

Sargento do Corpo de Bombeiros desenvolve projeto social na orla de Itaipuaçu

ac00f184-b2d7-4ae3-a535-94b2203d8f16 (1)

ac00f184-b2d7-4ae3-a535-94b2203d8f16 (1)

O Sargento Santiago Prata do Corpo de Bombeiros está desenvolvendo o projeto SOPAM ( Sociedade de Prevenção a Afogamentos Maricaense ) que funciona como um clube profissional cujo o maior objetivo é prevenir afogamentos e reduzir o número de ocorrências de acidentes marítimos em toda Maricá estabelecendo técnicas efetivas de prevenção e unificar Profissionais e Amadores da Área de Salvamento Aquático em uma Força Tarefa. Dentro do SOPAM tem o Projeto Marola que visa difundir o Esporte Aquático em toda a Região de Maricá de modo saudável. Ajudando os jovens a se desenvolverem e possivelmente rumarem a uma carreira profissional. A Educação Marítima será o foco mais abordado durante todo o curso do Projeto. Incluindo , leis , técnicas, localização dos postos espalhados pelo Litoral de Maricá, e a importância da Prevenção de Afogamentos e respeito pela natureza.

O Projeto precisa de apoio. Além de ajudar a prevenir afogamentos e incentivar a juventude, numa causa que visa não só salvar vidas e promover esportes aquáticos como também religar o homem com a natureza, seu apoio é fundamental para que possamos continuar a prestar um excelente trabalho na região de Maricá. Infelizmente temos custos mensais com material didático, uniformes, equipamento de salvamento aquático, hospedagem do site, palestras, telefone , campanhas promocionais entre outros custos.

Em Retribuição ao patrocínio/doações, a SOPAM concede espaço de destaque nas camisas do Projeto Marola, videos institucionais, folders, panfletos, slides , crachás e todo material de mídia e publicidade do Projeto Marola, cujo já possui um imenso alcance em toda região de Maricá, nos ajude a continuar o nosso trabalho.

O projeto acontece todos os domingos de 8h as 11:30h e estão disponíveis para crianças e adolescentes de 7 a 18 anos, na altura da Praia da Rua Um, em Itaipuaçu. Os participantes são acompanhados de um instrutor Guarda-Vidas do grupamento marítimo de (folga), porém dentro do perímetro de segurança do posto de Guarda-Vidas.

Informações com Santiago Prata

df6e1f0e-f059-42e9-a6ec-325f62e93f4a

df6e1f0e-f059-42e9-a6ec-325f62e93f4a


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp