publicidade 1200x90
02/05/2016 às 18h00min - Atualizada em 02/05/2016 às 18h02min

Cerca de 260 moradores de Ubatiba participaram de ação social

3

3

Por Kelly Rodrigues - Cerca de 260 moradores de Ubatiba participaram da ação social da prefeitura no último sábado (30/04). A atividade, organizada pela Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social, em parceria com as pastas de Trabalho e Saúde contou com as orientações das equipes do cadastro único (com maior procura pelo programa Bolsa Família), dos técnicos da Subsecretaria de Prevenção à Dependência Química e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). O CRAS CEU inscreveu 15 pessoas para as oficinas geradoras de renda. O programa Educação em Saúde realizou 35 atendimentos entre aferições de pressão arterial e orientações sobre a importância da vacina H1N1, sobre os vírus Zika, Chikungunya e Dengue, entre outras prevenções. Houve 23 atendimentos psicológicos onde foram encaminhados para os equipamentos específicos para cada caso. Ainda no evento, 10 pessoas se cadastraram na relação de vagas de emprego pelo Sistema Nacional de Emprego (SINE) do município e aproveitaram para se inscreverem nos cursos gratuitos de qualificação profissional, oferecidos pela Secretaria Municipal Adjunta de Trabalho. A subsecretaria de atendimento às crianças e adolescentes interagiram com 18 crianças e 6 famílias adquiriram roupas seminovas do Brechó Social. O evento contou, também, com a parceria do Instituto Embelleze de Maricá, que ofereceram gratuitamente serviços de cortes de cabelo e manicure. Luiza Belizario Aguiar, de 79 anos, nascida e criada na região disse que é a primeira vez que participa de uma ação social em seu bairro. “É muito bom ter esses serviços bem pertinho da minha casa. Já chamei meus filhos e sobrinhos para se cadastrarem nos cursos enquanto eu vou cuidar da minha saúde”, contou Luiza. Para Rita de Cassia da Silva, de 23 anos, o evento aconteceu no momento certo da sua vida. “Estou desempregada há 2 anos e atualmente não recebo ajuda de ninguém. Acabei de me cadastrar no SINE. Estou na esperança de me chamarem para uma entrevista. Preciso correr atrás para sustentar meus dois flhos”, disse. Segundo o fiscal de loja de roupas, Alex de Marins Vitorino, de 19 anos, a ação é um projeto construtivo para a comunidade. “Quando o pastor nos informou da ação fiquei muito contente com a iniciativa do governo. Agora vou aproveitar para me informar sobre os cursos e cortar o cabelo”, afirmou Alex. O jovem Matheus Silva, de 20 anos, logo que soube do evento correu para se cadastrar no SINE. “Minha preocupação no momento é arrumar emprego. Como não sabia que tinha este serviço na cidade nunca tinha me cadastrado. E enquanto aguardo o chamado de alguma empresa vou me inscrever no curso de Instalação de Tubulação Indústrial”, disse. De acordo com a secretaria adjunta de Assistência social, Laura Costa, estas ações sociais promovem maior proximidade das políticas públicas nas comunidades. “Nosso objetivo é estreitar os laços dos serviços socioassitenciais com a população”, finalizou Laura.
1

1

[caption id="attachment_91847" align="aligncenter" width="639"]
2

2

Fotos :: Fernando Silva- Divulgação[/caption]
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp