17/06/2016 às 05h59min - Atualizada em 17/06/2016 às 07h34min

Zeidan enfrenta corte do Bilhete Único e apresenta projeto do passe livre na Alerj

13413521_1708315206087717_6101998886912385289_n

13413521_1708315206087717_6101998886912385289_n

No plenário da Alerj, a Deputada Estadual Rosangela Zeidan (PT) falou do possível corte do bilhete único intermunicipal. A curto prazo, o cartão estará disponível apenas aos moradores do estado que sejam isentos do imposto de renda, ou seja, quem recebe abaixo de R$ 2.343,00 por mês (R$ 28.123,91 por ano). O motivo do corte é a deficiente situação financeira do estado. "- Não vamos aceitar que os bilhões em isenções para empresas _ que acabaram com a verba do orçamento que deveria ser para pagar o funcionalismo _ agora, prejudiquem também a classe trabalhadora e os estudantes com o Rio Card e a suspensão do bilhete único", disse Zeidan. Ainda de acordo com a Deputada, se preciso for, ela vai para a rua debater sobre a tarifa zero com jovens e a classe trabalhadora. "- Se o governo Pezão&Dornelles quer cortar o pouco que já existe, vamos para as ruas debater a tarifa zero com nossos jovens estudantes e a classe trabalhadora. E vamos além, queremos Passe Livre não apenas para os alunos das escolas públicas estaduais, mas também para os alunos da FAETEC, para os universitários beneficiados pelo Prouni, os alunos do Pronatec e os que recebem bolsas de estudo assistencial no Estado. Esse projeto foi apresentado na terça-feira (14/06) e começa a tramitar na Alerj, onde vamos cobrar dos deputados o apoio de verdade aos estudante", acrescentou a Deputada. A tarifa zero, como é feito em Maricá pelos ônibus da empresa pública de transportes (EPT), continua na pauta da Deputada. "- Queremos um Passe Livre sem restrição de valor e local e dias da semana, como acontece com o Bilhete Único. Em Maricá, onde somos governo, já adotamos essa Tarifa Zero para todos os moradores e estamos dando o exemplo, não beneficia apenas os estudantes! Portanto, podemos falar com autoridade de quem já pratica aquilo que prega. O projeto quer assegurar o transporte coletivo de estudantes em deslocamento intramunicipal e intermunicipal, valendo para trem, ônibus, metrô e barcas. O Passe Livre ilimitado não somente assegurará o uso irrestrito de transporte público, como ampliar o acesso dos estudantes à cultura e educação,e atividades extracurriculares, dentro de todo o Estado do Rio de Janeiro, garantindo, assim, acesso justo a todas as áreas necessárias para o desenvolvimento acadêmico da nossa juventude que tanto precisa de ver os seus direitos respeitados", finalizou a Deputada.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp