21/06/2016 às 16h56min - Atualizada em 22/06/2016 às 09h29min

Capela de Cordeirinho homenageia São João Batista na sexta-feira

dscf5206_capela_de_s_o_jo_o_batista_cordeirinho_foto_fernando_silva

dscf5206_capela_de_s_o_jo_o_batista_cordeirinho_foto_fernando_silva

A capela de São João Batista do bairro Cordeirinho, vinculada à Paróquia Nossa Senhora do Amparo, vai homenagear um dos santos mais populares da tradição católica, São João Batista, cujo nascimento é tradicionalmente comemorado no dia 24 de junho. Fundada em 1998, a capela do Cordeirinho realiza desde a última semana homenagens com novenas diárias até o dia 23/06, sempre às 18h30. No dia 24 de junho, sexta-feira, a tradicional queima de fogos às 6h da manhã vai marcar as homenagens ao dia do santo padroeiro. Às 19h, será realizada a tradicional procissão no entorno da capela e a Santa Missa às 20h, encerrando as festividades, às 0h, com queima de fogos. A Capela fica na Rua 107, S/N, em Cordeirinho. HISTÓRIA DO SANTO São João Batista nasceu no dia 24 de junho em um cenário tão controverso, surge um homem simples, com uma importantíssima missão: preparar o caminho para a chegada do Messias. Diz a história bíblica, que na antiga Judeia, Isabel e Maria, mãe de Jesus, estavam grávidas. João era filho de Zacarias e Isabel, e primo de Jesus Cristo. É considerado o último dos profetas nascido de uma mulher. Os evangelhos dizem que, ainda no ventre de sua mãe, João percebe a presença do Messias, “estremecendo de alegria” na presença de Maria, quando esta foi visitar a prima, Isabel. O evangelho de São Mateus fala das pregações de conversão e dos batismos que João realizava às margens do rio Jordão, não distante de Jericó. Foi João Batista quem batizou o próprio Cristo. João batizava com água. A liturgia festeja, no nascimento de São João Batista, a “Aurora da Salvação”, o aparecimento neste mundo do Precursor do Messias. O nascimento do Precursor, seis meses antes do nascimento de Jesus, participa da grandeza do mistério da encarnação, que ele anuncia. Isso se deve, certamente, à missão única que, na história da salvação, foi confiada a esse homem, santificado, no seio da sua mãe, pela presença do Salvador.
13442398_845499182248201_4612250321676946512_n

13442398_845499182248201_4612250321676946512_n


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp