publicidade 1200x90
28/07/2016 às 15h59min - Atualizada em 28/07/2016 às 15h59min

Piloto de caça da Marinha que caiu no mar de Jaconé segue desaparecido

IMG_3208 (800x534)

IMG_3208 (800x534)

A Marinha entrou hoje (28) no terceiro dia de buscas pelo piloto desaparecido no acidente aéreo da última terça-feira (26). Até agora, segundo nota divulgada à imprensa, nada foi encontrado. O piloto desapareceu no mar depois que duas aeronaves AF-1B Skyhawk colidiram durante um exercício, no mar de Jaconé, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. O outro piloto envolvido no acidente conseguiu retornar à Base Naval de São Pedro da Aldeia em segurança. Já o piloto desaparecido caiu no mar, provavelmente depois de se ejetar da cabine. O piloto Igor Bastos, Capitão de Corveta, pode ter se ejetado, mas nada que comprove a suposição foi encontrado até o momento no mar da Região dos Lagos. O outro caça retornou à base da Força em São Pedro D’Aldeia, a cerca de 84 quilômetros de distância do ponto do acidente, em segurança. Segundo a nota, nem o exercício militar e nem as aeronaves têm qualquer relação com o esquema de segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Uma comissão de investigação de acidentes aeronáuticos foi criada no próprio dia do acidente, para apurar os fatores que levaram à colisão entre as duas aeronaves. Reportagens Relacionadas Jaconé: Marinha utiliza navio-sonda para localizar piloto no fundo do mar Jaconé: Busca a piloto desaparecido após colisão de caças é retomada Força tarefa realiza buscas por piloto de caça que caiu no Mar de Jaconé Caça da Marinha cai no mar de Jaconé
ed0eea13-fff9-4485-b064-8da7c8837cda - Copia

ed0eea13-fff9-4485-b064-8da7c8837cda - Copia

IMG_3191 (800x441) (800x441)

IMG_3191 (800x441) (800x441)


Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp