publicidade 1200x90
29/07/2016 às 16h43min - Atualizada em 29/07/2016 às 16h43min

Atleta de Maricá conta com apoio da torcida para ir bem no tiro com arco nas Olímpiadas

WhatsApp-Image-20160512-15

WhatsApp-Image-20160512-15

A violência na região da Tijuca fez com a família de Ane Marcelle dos Santos deixasse para trás o morro da Casa Branca, em 2005, e se mudasse para Maricá. Na época, aos 11 anos, ela ainda não tinha ideia de que aquela atitude significaria muito mais que uma mudança de cidade. Hoje, número um do ranking brasileiro de tiro com arco, Ane se prepara para disputar sua primeira Olimpíada. Graças à transferência de moradia para o outro lado da Baía de Guanabara. - Meu irmão Vander Luís começou a praticar tiro com arco em Maricá, pois lá está sediada a Confederação Brasileira de Tiro com Arco. Após conhecer, em 2009, também gostei do esporte e passei a praticá-lo - conta Ane Marcelle. O talento da menina ficou evidente logo de cara. E dois anos depois ela já estava participando do Mundial realizado na Polônia. - Foi minha primeira viagem internacional. Aliás, foi a minha primeira viagem de avião! - revela. A atleta não parou mais. Em 2015, disputou o Pan de Toronto, terminando na sétima colocação. Agora em casa e em processo de evolução, Ane conta com o apoio da torcida e dos amigos para chegar ainda mais longe. - Sei que terei muito apoio por estar no Rio. Estou confiante, principalmente na disputa por equipe (a seleção conta ainda com Marina Canetta e Sarah Nikitin), pois treinamos juntas desde 2015 - avalia Ane. A qualificatória de tiro com arco acontece na sexta-feira, dia 05.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp