10/08/2016 às 14h02min - Atualizada em 11/08/2016 às 10h33min

Situação na UPA de Inoã é de normalidade após princípio de incêndio, diz Prefeitura

IMG_3673 (800x533)

IMG_3673 (800x533)

Em relação ao ocorrido na Unidade de Pronto Atendimento de Inoã (UPA), na tarde da última segunda-feira, dia 8, a Secretaria Municipal Adjunta de Saúde informa que aconteceu um princípio de incêndio na central de gases/usina, por volta das 17h45 e que todas as devidas providências imediatamente foram tomadas. Assim que a enfermagem percebeu o cheiro de fumaça, quatro funcionários utilizaram extintores de incêndio disponíveis no combate às chamas até à chegada do Corpo de Bombeiros, que já havia sido solicitada. Como medida de prudência, três pacientes (dois adultos e uma criança) que estavam internados foram transferidos imediatamente para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal e cerca de 40 usuários que aguardavam atendimento ambulatorial foram direcionados para o lado de fora da unidade. A situação foi controlada pelos bombeiros por volta das 18h20 e o atendimento foi normalizado às 19h15. Segundo a Secretaria Municipal Adjunta de Saúde, a manutenção periódica do Sistema de Gases Medicinais é realizada mensalmente, sendo que a ação preventiva foi realizada no dia 15/07 (ordem de serviço 10.308). De acordo com relatório de manutenção, após as verificações não foram encontradas anormalidades nos sistemas. Segundo informações preliminares fornecidas pelo setor de engenharia da empresa SeparAr, responsável pelo fornecimento, a constante queda de energia no bairro pode ter ocasionado um curto nos compressores de gases. A Secretaria de Saúde notificou a empresa para que apresente laudo com as causas do princípio de incêndio. Reportagem Relacionada UPA de Inoã é evacuada após princípio de incêndio; Veja as fotos
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp