26/08/2016 às 17h04min - Atualizada em 26/08/2016 às 17h04min

Maricá forma 17 professores em Atendimento Educacional Especializado

ubhdeg6zr899

ubhdeg6zr899

Dezessete professores receberam nesta quinta-feira (25/08) seus certificados do Curso de Atendimento Educacional Especializado, uma extensão de 150 horas-aula que permite aos docentes lidarem com maior habilidade com os equipamentos pedagógicos e tecnológicos nas 22 Salas de Recursos do município. Presentes à cerimônia, realizada na Casa Digital (Centro), o secretário municipal adjunto de Educação, Daniel Neto, a subsecretária de Gestão em Educação Básica, Mônica Rigó, a coordenadora municipal de Educação Inclusiva, Isabele Costa, a professora do curso, Helen Azevedo, demais técnicos e alunos. A subsecretária Mônica Rigó emocionou-se. “Hoje, a rede municipal tem pós-graduadas e mestras em Pedagogia, Psicopedagogia e Terapia Ocupacional, que estão aptas a lidarem com todo tipo de deficiência, motora, intelectual, auditiva e visual, entre outras”, enfatizou. Segundo a professora do curso, Helen Azevedo, existe a intenção de o município estender esses cursos a toda à rede, para que não só professores, mas Orientadores Pedagógicos, Orientadores Educacionais, inspetores de alunos e demais categorias se familiarizem com a dinâmica de atendimento da Educação Inclusiva. A aluna Silvania Braga Silva, 37 anos, moradora em São Gonçalo, é professora de Educação Inclusiva na E.M. Dirce Marinho Gomes, em Ponta Grossa. “É importante para o aprimoramento profissional”, completa. Mariângela Luiza Nascimento, 40 anos, é professora na CEIM Valéria Passos, em Itaipuaçu, e está se capacitando para trabalhar com Educação Inclusiva. “A creche tem Sala de Recursos e pretendo me especializar”, comentou. Já Fátima de Souza Coutinho, 41 anos, é docente nas salas de recursos das escolas municipais Barra de Zacarias e Maurício Antunes de Carvalho. “Esses cursos são importantes porque ensinam a trabalhar com a inclusão. Os alunos devem adquirir autonomia, na escola e na sociedade”, conclui.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp