08/11/2016 às 12h41min - Atualizada em 08/11/2016 às 12h41min

Estudantes se mobilizam e pedem melhorias para o Instituto Federal Fluminense de Maricá

3643f108-407b-40fc-9cc5-af8aa5906997

3643f108-407b-40fc-9cc5-af8aa5906997

Os estudantes do IFFluminense Campus Avançado Maricá se mobilizaram tendo em vista duas pautas: o cenário político nacional e assuntos referentes à renovação do Convênio de Cooperação Técnica entre a Prefeitura Municipal de Maricá e o IFFluminense, que termina em 31 de dezembro de 2016 e que precisa ser renovado por meio de Termo Aditivo até o dia 30 de novembro. Durante a assembleia realizada, os estudantes citaram o atraso na entrega da sede definitiva, que está sendo construída pela Prefeitura, no bairro Ubatiba, dentro do prazo previsto para 31 de dezembro de 2016. Sobre a sede provisória, localizada no bairro das Pedreiras, os estudantes ressaltaram a precariedade dos espaços, no que se refere à infraestrutura, que sofreu, em 2015 e 2016, com as fortes chuvas e questões elétricas; à falta de espaços para a implantação de laboratórios, de banheiros suficientes e adequados para atender os cerca de 162 alunos, de acessibilidade a pessoas com necessidades específicas e de construção de novas salas para o ingresso de 35 estudantes em 2017 (número reduzido conforme Nota Pública divulgada no portal do IFFluminense, e nas mídias locais). Eles interrogaram a condição mínima de segurança para a comunidade acadêmica e a qualidade do ensino. A mobilização contou com o apoio dos servidores, da equipe gestora do campus e do Movimento Estudantil. Como encaminhamento, foram formadas comissões estudantis para representarem a categoria discente, na ausência do Grêmio Estudantil, visando agendar reuniões com a Prefeitura Municipal de Maricá. Uma reunião foi realizada na Prefeitura com o chefe de gabinete do prefeito, José Carlos Azevedo, e o secretário Adjunto de Educação, Daniel José Alves Neto, ocasião em que foi agendada outra reunião com a presença da diretora-geral do Campus Maricá, Regiane Costa, e demais secretários, visando responder às questões levantadas. O encontro aconteceu no dia 31 de outubro, com a presença da comissão estudantil composta por um estudante de cada turma: Thomaz Lobo, Eliza Lima, Lucas Moura, Tassio Oliveira, Mateus Almeida e Lucas Santos; o coordenador de Administração, José Luis Santos; a diretora-geral do Campus Maricá; os secretários Adjuntos de Educação, Daniel José Alves Neto, e de Obras, Dalton Vilela; o secretário de Infraestrutura, Marcos Câmara; e o chefe de Gabinete da Secretaria Executiva de Gestão de Governo, Paulo Cesar Garritano. Os gestores da Prefeitura garantiram aos estudantes que possuem total interesse em renovar o convênio de Cooperação Técnica com o IFFluminense, garantindo, assim, a permanência do Instituto na sede provisória; informaram que serão construídas quatro salas, dois banheiros e uma área de ligação entre o bloco existente e o novo bloco no prazo de três meses, a começar em janeiro de 2017; e que o campus definitivo será finalizado no final de 2017, visando à entrada da comunidade acadêmica para o ano letivo de 2018. Anteriormente, no dia 07, o chefe de Gabinete já havia recebido o diretor de Políticas Institucionais do IFFluminense, Fernando Ferrara, e a diretora-geral para tratar da renovação do convênio. Para o estudante Tassio Oliveira, a paralisação estudantil foi ótima para conscientizar os estudantes a respeito do Movimento Estudantil e reacendeu a chama para a criação de um novo grêmio. “Acredito que o movimento realizado no dia 20 de outubro foi muito oportuno para dizer aos dirigentes locais que nós, do IFFluminense Campus Avançado Maricá, também existimos, além de proporcionar outras organizações como a Comissão Discente, que conseguiu fazer uma reunião com o chefe de Gabinete do Prefeito e com alguns secretários”, ressalta. As manifestações dos estudantes foram reconhecidas em reunião do Conselho de Campus, no dia 26 de outubro, quando foi encaminhada a construção de uma Moção de Apoio à mobilização estudantil. “Reafirmando o compromisso de todos os envolvidos com o convênio, estimamos os votos de confiança, inclinando as nossas próximas ações para a consolidação do Campus Avançado Maricá no presente município, perspectivando contribuir para a educação pública de qualidade”, destaca a diretora-geral, Regiane.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp