11/11/2016 às 13h39min - Atualizada em 11/11/2016 às 13h40min

Vereadores se reúnem para compor o bloco de oposição em Maricá

07ee70a7-e0fe-40bb-9cc4-faf4f353274d

07ee70a7-e0fe-40bb-9cc4-faf4f353274d

A nova gestão nem começou e os vereadores Maricaenses já se reuniram, no Centro da cidade, para tratar os trabalhos do próximo ano, onde falaram sobre o presente, futuro e melhorias para a cidade e prometem ser oposição ao prefeito eleito Fabiano Horta. A reunião que aconteceu na noite de ontem (10) e contou com a presença de vereadores eleitos e reeleitos que vão compor o bloco de oposição. A ação está sendo liderada pelo vereador Ismael Breve (DEM), os vereadores que compõe o grupo são Filippe Poubel (DEM), Marcinho da Construção(DEM), Ricardinho Netuno (PEN) e os vereadores reeleitos Chiquinho (PP), Felipe Auni (PSD). O atual presidente da Câmara de Vereadores de Maricá, Chiquinho (PP), decidiu ser oposição por acreditar que o futuro prefeito não esteja preparado para assumir o cargo. “-Decidi ser oposição ao Fabiano Horta devido aos inúmeros problemas que já tivemos. Washington Quaquá fez um ótimo governo, mas acredito que o nosso futuro prefeito não esteja preparado para administrar a nossa cidade. Não vou fazer oposição gratuita com intuito de atrapalhar o andamento da casa. Sou o presidente da Câmara e sempre votei e agi pensando nos interesses da população e nunca com intuito de prejudicar ou atrapalhar o andamento da Casa de Leis”, disse. O presidente ainda ressaltou que está ao lado do povo e não pretende se unir para trazer melhorias a população. “Estou ao lado do povo, não vou trabalhar para atrapalhar ninguém. Eu fui eleito para ser o porta voz do povo e lutar pelos interesses dos maricaenses, e é isso que farei. Estou finalizando o meu quarto ano de mandato com a sensação de dever cumprido, fui o vereador mais votado da cidade e isso demonstra que fiz um bom trabalho. Vou cumprir o meu dever, fiscalizar o executivo, fazer projetos de lei e representar a população. Estamos unidos para buscar o melhor para a população e é isso que vamos fazer” esclareceu. Para o vereador Filippe Poubel (DEM) , ser oposição é estar a favor do povo, diante das decisões erradas do poder executivo. “-Quando somos a favor do governo, somos obrigados a defender toda ação que a prefeitura envie para a Câmara, só que nem todas beneficiam a população. Serei oposição para poder fazer política, desenvolvimento da cidade e lutar sempre a favor da população. Precisamos ter autonomia para legislar, fiscalizar todos os segmentos do poder executivo e cobrar um atendimento de qualidade”, explicou Os vereadores farão parte de uma oposição consciente é o que diz o vereador Marcinho da Construção (DEM). "- Não vou ser manipulado, tenho que representar o povo que confiou no meu caráter. Vou participar do bloco, mas quero ter direito de me posicionar. Não vamos fazer oposição sistemática. Se for bom para população vou ser favorável", disse Marcinho da Construção (DEM). Já Felipe Auni (PSD) disse que o vereadores vão caminhar juntos na legislatura. "- Os vereadores eleitos pela chapa de Marcelo Delaroli vão caminhar juntos em prol da população Maricaense", afirmou Auni.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp