05/12/2016 às 01h44min - Atualizada em 06/12/2016 às 03h14min

Exposição de orquídeas agitou o final de semana em Maricá

screenshot_3

screenshot_3

Começou nesta sexta­feira (02/12) e terminou no domingo (04/12), na Praça Orlando de Barros Pimentel, Centro, a exposição de orquídeas. Desenvolvido pela Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia, a iniciativa foi realizada em parceria com o Orquidário Imperial e reuniu em um só espaço dezenas de variedades da espécie, que é uma das maiores famílias de plantas existentes. O visitante encontrou ainda bromélias, samambaias, rosas do deserto e plantas carnívoras. A aposentada Valéria Real, 60 anos, foi uma das que passou pelo local no primeiro dia da mostra. “Acho muito lindas e tenho várias em casa”, comentou. Morando também no Centro, ela afirma ainda que, apesar do pouco espaço em casa, veio procurar mais plantas para ampliar a variedade no jardim. Nesta sexta­-feira o evento contou ainda com a participação dos expositores da Feira de Artesanato e Produtos da Terra, que acontece todas as quintas e sextas-feiras na Praça Conselheiro Macedo Soares. Um dos participantes, o apicultor Luiz Claudio Cole, achou interessante a iniciativa. “Mel e orquídeas estão relacionados. O visitante vem aqui leva uma orquídea, um mel”, brincou. O projeto Maricá Mostra Cultura também esteve na Orlando de Barros Pimentel durante os dias do evento. Com a proximidade do Natal, a feira ofereceu produtos feitos artesanalmente com preços atraentes, uma boa oportunidade de garantir presente para a família toda. Rosely Pellegrino acrescentou que a união dos projetos é um facilitador, já que oferece uma variedade ainda maior de artigos em exposição para a compra. Moradora da Barra de Maricá, Vanda Cassuse, 47 anos, veio com a filha, Debora Cassuse, 19 anos, e ficaram encantadas com a mostra. “Está tudo muito lindo. Queria levar uma de cada para casa”, afirmou Vanda. Com uma planta já escolhida em mãos, Debora, acrescentou que o interesse agora era escolher um tempero para completar o jardim. O proprietário do orquidário, Rodrigo Aragão, afirmou que quem passou pela praça se surpreendeu com a quantidade de espécimes oferecidas. “Colocamos a disposição uma grande variedade. Foram muitas as opções”, ressaltou. Os interessados encontraram plantas a partir de R$ 10 e com durabilidade variando de um dia até quatro meses. As orquídeas asiáticas (Phalaenopsis) são as que têm maior tempo de vida. A primeira floração das orquídeas, segundo Rodrigo, leva de cinco a sete anos e a partir daí, floresce anualmente
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp