20/12/2016 às 12h57min - Atualizada em 20/12/2016 às 12h57min

Homem é preso acusado de furto de energia elétrica em Itaipuaçu

img_5850-1024x648

img_5850-1024x648

Uma pessoa foi presa acusada de furto de energia elétrica na Rua 51 no Loteamento Jardim Atlântico nesta segunda-feira, dia 19. Funcionários da Enel constataram o furto e o homem foi levado pela Polícia para a Delegacia de Maricá (82ª DP), onde o caso foi registrado. De acordo com a Polícia, os técnicos realizavam uma inspeção de rotina quando constataram uma ligação direta em duas fases sem passar pelo medidor caracterizando furto de energia. No cadastro da companhia o fornecimento de energia estava suspenso na casa por débito desde maio de 2016. Além de ser crime, com pena prevista de um a oito anos de reclusão, os chamados “gatos de luz” afetam diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e põem em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica. As ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecarga na rede elétrica, ocasionando interrupção no fornecimento de energia. Para conscientizar a população sobre o perigo do furto de energia, a Enel realiza, além destas operações, diversos projetos sociais em comunidades, com informações sobre o uso eficiente de energia elétrica, programas para geração de emprego e renda e revisão gratuita de instalações elétricas de consumidores com menor poder aquisitivo.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp