08/02/2017 às 10h08min - Atualizada em 08/02/2017 às 10h08min

Vereadores denunciam ao Ministério Público processo seletivo da saúde de Maricá

[gallery link="none" size="full" columns="1" ids="111763"] Os Vereadores Ricardinho Netuno (PEN) e Fillipe Poubel (DEM) entraram nesta terça-feira, 07, com uma denúncia no Ministério Público para que sejam apuradas as denúncias de irregularidades na contratação do processo seletivo temporário para a área da saúde de Maricá. De acordo com os Vereadores, alguns postulantes as vagas reclamaram que não conseguiram acessar o site da Prefeitura de Maricá para realizar a inscrição alegando que o sistema apresentava erros. Eles reclamaram também do curto prazo para fazer a inscrição. Ainda segundo os vereadores, quem conseguiu fazer a inscrição no site não encontraram o local para a entrega da documentação e currículos, sendo deslocadas de um local para o outro. "- Algumas pessoas se sentiram lesadas e nos procuraram alegando que o processo seletivo temporário da Secretaria de Saúde, não está sendo efetivado de forma clara e transparente", disse Netuno. A denúncia foi protocolada na Promotoria de Tutela Coletiva do Ministério Público e deverá ser investigada. A Prefeitura abriu vagas disponíveis do 1º Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúde para: Técnicos de enfermagem (Técnico), Auxiliar de farmácia (Médio), Auxiliar de Consultório Dentário (Técnico), Enfermeiro, Enfermeiro Rotina, Coordenação Enfermagem (Educação Continuada), Gerência de Enfermagem, Coordenação de Engenharia Clínica, Assistente Social, Fisioterapeuta, Administrador, Médico Clínico geral, Médico Pediatra e Médico (Diretor Geral).
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp