22/02/2017 às 17h35min - Atualizada em 22/02/2017 às 17h35min

Estoques de medicamentos são reforçados para o Carnaval, diz Prefeitura de Maricá

[gallery size="full" columns="1" link="none" ids="112713"] A Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF) da Secretaria de Saúde, que coordena os estoques de medicamentos e insumos básicos para o atendimento no município, está com os seus depósitos completos. A secretaria recebeu, nos últimos dias, toneladas de material e remédios previstas no planejamento logístico para o ano (com entregas quinzenais), o que incluiu também o reforço dos estoques para o carnaval. Segundo a secretária Simone Costa e Silva, nesse caso o planejamento foi feito com base no atendimento diário do Hospital Municipal Conde Modesto Leal (HMCML), que é em média de 500 pacientes, e a projeção para atendimentos nos dias de folia, que pode chegar a 800 atendimentos por dia. Os estoques, com centenas de itens, têm previsão de duração de 15 dias e, uma vez recebidos, já foram entregues ao hospital e à Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA) de Inoã, além dos 25 postos nos bairros. Uma rede de tamanho considerável, que exige uma logística complexa em função do consumo: para se ter uma ideia, por mês são aplicados, em média, 4.000 frascos de 500ml de soro fisiológico e 40 mil unidades de gaze. Os outros insumos obedecem às mesmas ordens de grandeza, mas a Prefeitura trabalha com um planejamento antecipado. Segundo a secretária, foi feita uma antecipação de entrega dos estoques previstos para chegar até o mês que vem. “Não há qualquer carência de insumos como gazes, luvas, seringas e nem de material de limpeza ou água. Os remédios, dos mais procurados aos controlados, também temos em número suficiente”, afirmou Simone da Costa. No almoxarifado do CAF, onde os produtos ficam acondicionados, o coordenador da central, o farmacêutico Leandro Santos, a reposição dos insumos e medicamentos é feita semanalmente no hospital e na UPA e mensalmente nos postos. “As faltas que são por vezes reclamadas pela população estão supridas”, reiterou o coordenador. No total, apenas o HCML realizou em 2016 mais de 160.800 atendimentos, o que dá bem a dimensão do desafio permanente enfrentado pela equipe de Leandro e pela própria secretaria.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp