25/02/2017 às 07h39min - Atualizada em 25/02/2017 às 07h39min

Motoristas enfrentam trânsito lento na RJ-106 no sábado de carnaval

[gallery link="none" columns="1" size="full" ids="113026"] Por Romário Barros- O trânsito segue congestionado para quem trafega pela RJ-106 (Rodovia Amaral Peixoto), em direção a Região dos Lagos. Grande parte dos motoristas estão seguindo para as cidades da Região dos Lagos e fugindo do pedágio da Via Lagos. Às 07h20 da manhã o fluxo de veículos no sentido Região dos Lagos era intenso e provocava lentidão no trecho entre o km 24 (Ponta Grossa) e km 30 (Flamengo). Do km 30 (Flamengo) até a o km 41 (Entrada de Ponta Negra) o motorista também enfrenta lentidão no trecho de mão dupla. Para acessar o Centro de Maricá, alguns motoristas para fugir do engarrafamento estão optando em entrar pela Estrada Velha de Maricá, no bairro de Itapeba e seguindo pela Rua Abreu Sodré, no bairro da Mumbuca. O trânsito nos bairros também está complicado. Alguns Motoristas 'apressadinhos' também estão trafegando pelo acostamento da RJ-106. Trafegar pelo acostamento, além de ser proibido, é considerada uma infração gravíssima. A multa é de R$ 574,61, além de 7 pontos na carteira. RADARES DESLIGADOS Não há risco de multa se ultrapassar o radar com velocidade acima do permitido nas placas, desde que não se ultrapasse os 80 Km/h. Pelo menos no Carnaval. Os motoristas que passam na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106) encontram os radares eletrônicos de 60 km/h cobertos por sacos pretos. O Departamento de Estradas de Rodagens do Rio de Janeiro (DER-RJ) confirmou que cobriu os aparelhos e os de 60 km/h estão desligados até a volta do carnaval, na próxima semana. O objetivo é dar mais fluidez ao trânsito. Os radares de 80 km/h, instalados na primeira entrada de Itaipuaçu, na curva do Queijão (km 17) e no Marine (km 22) estão funcionando normalmente. O DER alegou que a medida visa reduzir os impactos decorrentes do aumento do fluxo. Segundo o órgão, quando veem os radares, os motoristas tendem a reduzir a velocidade muito mais do que o limite permitido, intensificando os congestionamentos. Agentes de trânsito estão em pontos estratégicos para multar quem for flagrado acima dos 80 km/h ou trafegando no acostamento. [gallery size="full" link="none" columns="1" ids="113027"]
Notícias Relacionadas »
Comentários »
publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp