22/04/2017 às 19h24min - Atualizada em 23/04/2017 às 21h52min

9 mil pessoas vacinadas contra a febre amarela neste sábado em Maricá

Screenshot_4

Screenshot_4

Mais 9 mil pessoas foram vacinadas apenas neste sábado (22/04) contra febre amarela em Maricá. Foram 6 mil imunizadas no Posto de Saúde Central, no Centro, e outras 3 mil dentro da operação de busca ativa na área de bloqueio, que compreende os bairros de Bananal e Espraiado, entre outros. Nesses locais, sete equipes percorreram locais de difícil acesso para levarem a vacina aos moradores. “Nossas equipes se desdobraram hoje para atingir todos os locais possíveis. Para se ter uma ideia, nosso pessoal usou até motocicletas para chegar com as vacinas em locais onde nem as picapes entram”, descreveu a secretária de Saúde, Simone da Costa. “Eles subiram em uma ribanceira difícil para chegar a um sítio onde mora um senhor sozinho. Ele não queria se vacinar mas depois de ver o esforço da equipe acabou concordando”, acrescentou. O esforço tem trazido resultados: só nas áreas de bloqueio o número de pessoas imunizadas já está perto de 10 mil. A operação foi iniciada na última quinta-feira (20/04). Aberto como parte da estratégia é de bloqueio e para tranquilizar a população, o Posto de Saúde Central (Rua Clímaco Pereira) funcionou neste sábado (22/04). Às 17 horas, quando encerrou a vacinação no posto, cerca de 200 pessoas que ainda estavam na fila foram vacinadas. As vacinas teriam acabado na Unidade de Saúde, impossibilitando a vacinação das pessoas que estavam na fila. Algumas pessoas saíram revoltadas, alegando que às 15h40 a fila foi encerrada. O município recebeu nesta sexta-feira mais 20 mil doses, totalizando 40 mil recebidas desde o dia 18/04, e está prevista para os próximos dias a chegada de um novo lote com outras 50 mil vacinas. Os bairros da área de bloqueio são Vale da Figueira, Bananal, Espraiado, Jacone, Bambuí, Manoel Ribeiro, Guaratiba, Marinelândia e Limão. Ao todo 170 pessoas estão envolvidas diretamente na ação de imunização contra a febre amarela silvestre. “Intensificamos as vacinas na área afetada e, após essa etapa inicial, a vacinação será ampliada para outros pontos da cidade”, esclareceu o prefeito Fabiano Horta. [gallery columns="1" link="none" size="full" ids="118130"]
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp